O Boletim - Agosto/2007 - ANO 50 - Nº 597

Baixe aqui a versão em PDF


• REFLEXÕES COM BEZERRA
• EDITORIAL
• MOMENTO DE POESIA
• LIVRO DO MÊS
• VULTO DO MÊS
• LEMBRETE FRATERNO
• NO MUNDO DO ESPERANTO
• MENSAGENS QUE MERECEM MEDITAÇÃO
• MOVIMENTO ESPÍRITA
• PALAVRAS DE ALAN KARDEC
• NOTÍCIAS
• ATIVIDADES DO CENTRO

  

Bezerra convida-nos à reflexão

Instalação da Nova Era nos corações


... Nós, que nos comprometemos em tornar melhores os nossos próprios dias, deveremos avançar semeando bênçãos e distribuindo consolações. A Humanidade neces-sita mais de exemplos dignificantes do que de palavras retumbantes.

A Nova Era está sendo instaurada nos corações humanos, não ao toque de trombetas e clarins, mas ao suave canto da fraternidade e da compaixão.

Que saibamos manter a nossa compaixão em relação àqueles que nos não entendem, até nos perseguem e mesmo nos caluniam, compreendendo que são nossos irmãos de jornada que estão na retaguarda necessitando de mão amiga e solidária para sair da concha do ego em que se enclausuram.

Filhos da alma!

Sabemos das dores que muitos de vós experimentais. Ouvimos as vossas rogativas nos momentos da solidão e do abandono.

Acercamo-nos dos vossos sentimentos para acariciar-vos a alma e balbuciar-vos na acústica do coração: tende bom ânimo!

Nunca deserteis da luta de auto-iluminação. Não vos permitais o desânimo nem o desespero. Cultivai a paciên-cia.

A noite tenebrosa deste momento inunda-se de luz na madrugada que vai chegando. Confiai em Deus e a Ele entregai os problemas e desafios que não podeis solucio-nar. Deus é Amor! Por isso que vos enviou os Missioná-rios da Luz através dos milênios para que conhecesses os caminhos e nos mandou Jesus para ser o próprio Cami-nho. Tende a certeza de que nesta celeridade das horas, na relatividade do tempo que as demarca, avançais no rumo da Vida.

Quando soe o momento do retorno ao Grande Lar, sereis recebidos pelos amores que vos anteciparam, despertareis conforme os padrões de vossas consciências, porém com alegria, estuantes de vida, e repetireis como o Apóstolo das Gentes: - “Ó Morte, onde está tua vitória? Onde está o teu galardão?”
Exultai, pois filhos da alma, cantando vosso hino de imortalidade em homenagem à Era Nova que já começou, na qual todos nos encontramos colocados até o momento glorioso da instalação do Reino dos Céus no coração da Terra.

Muita paz, meus filhos. Que o Senhor de bênçãos nos abençoe. São os votos do servidor humílimo e paternal de sempre,

Bezerra

(Mensagem recebida pelo médium Divaldo Pereira Franco, ao término da conferência pública realizada no Grupo Espírita André Luiz, no Rio de Janeiro, na noite de 26 de julho de 2007).

 

voltar ao topo


EDITORIAL

Em recente encontro de amigos de ideal espírita, um assunto dominou a conversa. Focalizou questões atuais de tantas tragédias, violência, desequilíbrio ambiental e a perplexidade ante tudo isso.

Para aqueles que estudam as questões propostas por Allan Kardec,os fatos que estamos testemunhando fa-zem parte de um contexto muito mais amplo, que é o processo de transformação da humanidade para está-gios mais adequados ao progresso em direção ao Pai.

E nesse caso, qual é o nosso papel? Como devemos nos conduzir diante de uma progressão repleta de fatos preocupantes?

Nos primórdios do Cristianismo, quando os cristãos eram tenazmente perseguidos e eliminados sem pieda-de, uma das formas de defesa era as reuniões em luga-res onde iam todos os que queriam esclarecimentos sobre os ensinos do Mestre. Juntos, os cristãos se sentiam moralmente mais fortes, a união lhes encorajava a enfrentar seus algozes, partilhando as esperanças e a fé.

Hoje em dia, os algozes são mais sofisticados e dissimulados, mas não deixam de representar forte entrave ao caminho da luz.

Respondendo às perguntas acima, cremos que o nosso papel deve ser o de aglutinadores dos exemplos edificantes, estudarmos mais e mais e termos a palavra certa para as dores do mundo. Devemos ser fraternos e solidários, desenvolvendo a generosidade para com os que de nós precisarem. Seguindo o exemplo dos pri-meiros cristãos, devemos também estar unidos pelo nosso ideal: fazer da Casa Espírita o centro de apoio que consolide a imagem de um lugar com o qual todos podem contar. Não devemos temer o que está aconte-cendo e o que está por acontecer, devemos sim, pre-servar a união e no desenvolvimento de nossas ativida-des, divulgar os valores que irão construir um mundo melhor.

Adolfo Bezerra de Menezes
29 de agosto de 1831- Reencarnação

“ Glória a ti, ó Bezerra de Menezes! Fiel e vitorioso servo de Jesus, que vieste das luzes do infinito de cintilações amenizar a nossa grande dor. Nós, que temos a honra de pertencer à família espírita brasilei-ra, queremos dizer da nossa alegria ao ter-te como orientador e guia paternal.”

Adaptação do texto de Luciano Klein Filho na obra Bezerra de Menezes – fatos e Documentos

 

voltar ao topo


MOMENTO DE POESIA

BOM SERIA SE...


Bom seria se a nossa humanidade
Vivesse desde então num clima ameno,
Observando as lições do Nazareno
Que preconizam paz, amor, bondade!...

Bom seria se o nosso lar terreno
Praticasse a justiça sem maldade,
Cultivando a real fraternidade
Que vê irmão no grande e no pequeno!...

Bom seria se a luz do Mestre amado
Fosse o farol seguro no agitado
Mar em que singra, frágil, a nossa nau!...

Contudo, dentro em breve o nosso sonho
Será verdade... E o homem mais risonho
Feliz será por ser bem menos mau!...

Celso Martins

Fonte : www.universoespirita.org.br



voltar ao topo


LIVRO DO MÊS

Reflexões

LIMA, Gilson Alves de. Reflexões. 1.ed. Rio de Janeiro, RJ: CELD, 2000

“Um bom livro é aquele que se abre com interesse e se fecha com proveito.” Assim se refere à obra o escritor Celso Martins, pois ela “oferece oportuníssimas considerações sobre o que estamos vivendo nessa fase de transição plane-tária, tanto dentro como fora dos arraiais espíritas.”

Amigo leitor: Leia – Medite - Divulgue

     Instruções Psicofônicas


voltar ao topo


VULTO DO ESPIRITISMO

O BOLETIM – 50 ANOS
Lembrando o seu criador e redator.

 
NELSON  BRITO

Nascido a 18-7-1915, desencarnou em 10-8-1990. De origem humilde, pertencia a família numerosa. Sua mãe, uma ex-escrava, dele recebeu imensa ternura e carinho, até o fim de sua existência.

Ingressou no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, em 1937. Em 1948 concluiu o curso de desenhista e como tal trabalhou até aposentar-se em 1972. Quando moço dizia-se materialista, até que alguns fenômenos espirituais levaram-no à Umbanda.

Sua Iniciação no Espiritismo deu-se com seu ingresso no Centro Espírita Bezerra de Menezes (Rua Maia de Lacerda 155 – Estácio - Rio de Janeiro), pelas mãos de Hélio de Castro, que participava da Mocidade daquele Centro. Consagrou-se então à Doutrina, a ela ofertando todo seu esforço e dedicação, além de sua inspiração acurada. Foi um estudioso, podendo isto ser comprovado com a sua participação como expositor em vários Centros do Rio de Janeiro. Seu trabalho perseverante foi fundamental para o fortalecimento da sua fé.

No Centro Espírita Bezerra de Menezes, onde se constituiu como uma das colunas de sustentação, através do seu trabalho profícuo e sem desfa-lecimento, desempenhou várias atividades, tais como: médium esclarecedor, receitista e passista; expositor, redator do órgão de divulgação daquela Casa, O Boletim, sendo seu dirigente, elaborador e responsável pela sua distribuição, tarefa abraçada com denodo e entusiasmo de 1957 até 1988, quando dela se afastou por motivo de doença. Foi ainda integrante do grupo visitador da favela de Brás de Pina, Secretário do Conselho Consultivo do Centro Bezerra de Menezes, autor de Inúmeros trabalhos em prosa e verso que figuram em O Boletim e em diferen-tes periódicos espíritas.

Alguns de seus versos foram musicados e são até hoje utilizados em reuniões do Centro que o acolheu. Na Federação Espírita Brasileira integrou a equipe do Departamento de Assistência, ministrando pas-ses, fazendo o receituário e realizando palestras evangéli-cas. Era membro do Conselho Superior da FEB. A Cara-vana Francisco de Assis, que visita há anos os Internos do Hospital de Hansenianos de Curupaiti, teve nele um de seus mais dedicados componentes. Deu-se o sepultamento do seu corpo no dia 11 de agosto de 1990, às 16 horas, no Cemitério do Caju, em clima de Imensa paz e sublimadas vibrações espirituais.

Fonte: REFORMADOR – novembro, 1990. P. 348

voltar ao topo


LEMBRETE FRATERNO

Reflexões sobre Causas e Efeitos


No caminho para a luz, o Espírito adquire débitos que são gerados por conta da inconseqüência e da visão deturpada sobre como percorrê-lo. Navegamos pelos mares do egoísmo, aportamos na enseada do mate-rialismo, caminhamos pelas terras do fanatismo, ven-cemos as tempestades da intolerância, passamos pela influência das trevas; são tantos os obstáculos e mui-tas vezes, perdemos muito tempo até que a razão prevaleça.

Nesse processo, o Espírito contabiliza faltas e assume responsabilidades, mas, na medida em que o tempo passa e as lições vão ensinando a viver, a realidade começa a sair fora das brumas do erro e se torna nítida diante da verdade.

De todas a fases do processo de regeneração espiri-tual, o momento da verdade é provavelmente a mais crucial e nesse momento, não se tem mais desculpas para a incidência de erros, nem justificativas para atos menores, é a solidão da consciência e a convergência das lágrimas. É o momento em que o Espírito anseia pela regeneração e procura conhecer as formas de conseguir esse intento.

No livro Chico Xavier Pede Licença, Emmanuel nos conta, no Cap. 19 – Desencarnações Coletivas – fatos elucidativos sobre as relações de causa e efeito nas mortes coletivas, que são resultantes da expectativa espiritual pela regeneração, verdadeiros passaportes para a luz.

O nosso bom amigo nos diz que quando o Espírito tem consciência de suas responsabilidades diante da vida, roga ao Pai os meios de resgatá-las devidamen-te.

Faz-se importante lembrarmos que é no momento da verdade, que o resgate tem sua maior força e eficácia, é nesse momento que o devedor tem condição de entender o porque de suas dores e justificá-las para si mesmo, sem que se defronte com as sombras da revolta, que só tenderiam a empurrá-lo para uma longa espera por outra oportunidade.

É quando encontramos dolorosos casos em que mi-lhares de pessoas são arrastadas pela voragem das guerras, vítimas indefesas de saques compelidas a experimentar dores que semearam em seu passado.
São vítimas de epidemias arrasadoras, respondendo pelos erros de corrupção que prejudicaram irmãos que nelas confiaram; almas comprometidas com os an-seios de ouro e poder, agora vítimas de violências na partilha de terras e bens, ao preço de sangue e lágri-mas.

Fala-nos ainda Emmanuel, em elucidativo relato, sobre as mortes coletivas em incêndios terríveis, que podem ser por explosões, atentados, acidentes, refle-tindo um passado onde corsários ateavam fogo em navios e cidades, na busca da pilhagem fácil.

Todavia, todas essas explicações só fazem sentido, se entendidas na mecânica da reencarnação, caso contrário, difícil será entrever a justiça em cada even-to reparador e perceber que se criamos a culpa, também escolhemos a forma de repará-la.

Finaliza o Mentor espiritual, dizendo que nunca fica-mos sem a presença da Misericórdia Divina e que o sofrimento é sempre reduzido ao mínimo.

Todavia, todas essas explicações só fazem sentido, se entendidas na mecânica da reencarnação, caso contrário, difícil será entrever a justiça em cada even-to reparador e perceber que se criamos a culpa, também escolhemos a forma de repará-la.

Finaliza o Mentor espiritual, dizendo que nunca fica-mos sem a presença da Misericórdia Divina e que o sofrimento é sempre reduzido ao mínimo.

Não existem regras fixas de tempo entre a causa (falta) e o efeito (resgate), o que vale é a capacidade que as almas endividadas têm para entender sua situação e tirarem o melhor proveito da lição que receberem.


Assaruhy Franco de Moraes

voltar ao topo


NO MUNDO DO ESPERANTO

“La paco de Jesuo estu en la koroj de
niaj karaj gefratoj."


Mais de 400 pessoas estiveram presentes no encontro inesquecível do dia 10 de julho de 2007, na Av. Passos nº 30, Rio de Janeiro, numa parceria inédita entre a Editora Lorenz e a Federação Espírita Brasileira.

Sob a direção de Affonso Soares, os trabalhos foram iniciados com a leitura de uma página de preparação e a prece de abertura.

De imediato, o dirigente da reunião leu a mensagem de Renatto Corsetti, Presidente da Associação Universal de Esperanto, enviada especialmente para o evento.

Logo após, foi concedida a palavra aos Srs. Robinson Mattos, presidente da Editora Lorenz, e Danilo Vilella, presidente do Lar Fabiano de Cristo.

No Momento de Arte, Neide Barros Rêgo encantou o público com bela apresentação da música "Quanta Luz", que foi acompanhada por todos, num belíssimo coral, como também declamou o poema de Castro Alves, "Esperanto", psicografado por Francisco Cândido Xavier.

Isso tudo como preparação para o momento mais esperado: a palestra do Presidente da FEB, o Sr. Nes-tor João Masotti, que discorreu com propriedade sobre os temas "Evangelho, Espiritismo, Esperanto" - "FEB e Lorenz de Mãos Dadas", destacando a importância do esperanto nas comunicações e confraternizações inter-nacionais.

Também ressaltou a importância do esperanto no Conselho Internacional Espírita, onde a língua da frater-nidade seria muitíssimo útil.

Ao final dos trabalhos, como já é habitual, foi canta-do o hino do esperanto, "La Espero", acompanhado por uma apresentação em projeção de imagens e mensa-gens referentes ao esperanto, com destaque para as palavras de Zamenhof, que foram lidas pelo dirigente da reunião: "Sou apenas um humanista hebreu livre-pensador, mas... que há de mais belo no mundo do que a completa obediência aos ensinamentos de Jesus?”

Não há dúvida que este evento, que foi transmitido ao vivo pela TVCEI e Rádio Rio de Janeiro, via internet, deixará saudades e um chamamento profundo para nossa reflexão a respeito do valor do esperanto,
principalmente na condução da Doutrina Espírita aos irmãos de outras terras, sequiosos de conhecimentos espirituais, como também nas casas espíritas e, como conseqüência, no próprio Movimento Espírita.

"Viva, cresça e floresça o estandarte verde"


voltar ao topo


MENSAGENS QUE MERECEM MEDITAÇÃO

Diletos Confrades

Diletos confrades espíritas, Deus guarde os vossos trabalhos no bem.

À medida que passa o tempo, incontáveis são as bênçãos que se desatam do Mundo Celestial sobre os autênticos servidores da Verdade.

O Espiritismo agora, companheiros, traz o sinete do Celeste Emissário, na representação de brilhante falange da imortalidade Excelsa, apta a espargir sobre todos vós as benditas messes de ensinamento, para que avanceis, animosos, na preparação do mundo novo esperado por todos nós.

Com a visão clareada pelas luzes do Espiritismo, uni vossos conhecimentos e as virtudes que vindes desenvol-vendo, a fim de vos assegurardes de que, logo mais, a Grande Obra do Mestre na Terra, posta sob os vossos cuidados, estará concluída ou em processo adiantado de conclusão.

O que estejais fazendo de bom e de belo, fazei-o com entusiasmo e fidelidade, aplicando-vos, definitivamente, à conquista da harmonia e do ingente progresso em vós mesmos e pelos campos por onde caminhais, servidor dedicado, lúcido e corajoso.

Confiai, pois no Senhor e segui adiante, sem esmore-cimento.

(Texto integral na obra Para uma vida melhor na Terra,1.ed. Niterói, RJ: Editora Frater, 2006. p. 29-30)

 


voltar ao topo


MOVIMENTO ESPÍRITA

5º CONGRESSO ESPÍRITA MUNDIAL.

Nos dias 10 a 13 de outubro, na cidade de Carta-gena, na Colômbia, acontece o 5º Congresso Espíri-ta Mundial.
TEMA CENTRAL: Doutrina Espírita: 150 Anos de Luz e Paz.
Já confirmaram presença Divaldo Pereira Franco, José Raul Teixeira, Décio Iandoli Jr, Sérgio Felipe de Oliveira, Alberto Almeida, Sabino Antonio Lima, Mar-lene Nobre e Maria de la Gracia de Ender.
A promoção é do Conselho Espírita Internacional e a realização da Confederação Espírita Colombiana.
Informações: www.consejoespirita.com / 5congreso@consejoespirita.com

=============================================

SEMINÁRIO FEB / CEERJ
DATA: 18 de agosto de 2007 (sábado)
HORA: 9:00 às 16:00
LOCAL: Sede histórica da FEB
Av. Passos 30
TEMA: COMUNICAÇÃO E RELACIONAMENTO NA CASA ESPÍRITA
COORDENAÇÃO: César Reis

=========================================

BEZERRA DE MENEZES, O MÉDICO DOS POBRES

Adolpho Bezerra de Menezes foi homenageado com uma cinebiografia. No longa BEZERRA DE MENEZES, O MÉDICO DOS POBRES, coube a Carlos Vereza viver o papel principal .

BEZERRA DE MENEZES... tem direção e roteiro de Glauber Filho e Joe Pimentel e terminou de ser rodado neste mês de julho.

As últimas cenas, feitas no Lar de Frei Luiz, em Jacare-paguá, foram cercadas de emoção. Porém foi no Ceará, em Recife e em Salvador que a trajetória de Bezerra de Mene-zes teve a maioria dos "takes" produzidos.

No elenco, Caio Blat, Lúcio Mauro, Paulo Goulart e Nanda Costa.
A estréia está prevista para o mês de agosto, com apoio da Secretaria Municipal das Culturas, que injetou estímulo à obra por acreditar na importância da coexistência e da pluralidade artística e espiritual."

=========================================

XVIII CONFRATERNIZAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Realização: Conselho Espírita do Estado do RJ-CEERJ
DATA: 26 a 28 de outubro de 2007
LOCAL: Palácio Quitandinha, em Petrópolis.
INSCRIÇÕES: até 15 / setembro / 2007
O LIVRO DOS ESPÍRITOS:
150 anos iluminando consciências
INFORMAÇÕES: 2224-1244 / 2224-1553

=================================

RÁDIO RIO DE JANEIRO 1400 AM
visite a página eletrônica (www.radioriodejaneiro.am.br)
Coopere. Divulgue.

voltar ao topo


Palavras de ALLAN KARDEC


O LIVRO DOS ESPÍRITOS – CONCLUSÃO VI



Exame das Comunicações mediúnicas que nos são enviadas

“(...) Antes de mais, convém delas afastar tudo quanto, sendo de interesse privado, só interessa àquele que lhe concerne; depois, tudo quanto é vulgar no estilo e nas idéias, ou pueril no assunto. Uma coisa pode ser excelente em si mesma, muito boa para servir de instrução pessoal, mas o que deve ser entregue ao público exige condi-ções especiais. Infelizmente o homem é propenso a imaginar que tudo o que lhe agrada deve agradar aos outros. O mais hábil pode enganar-se; o importante é enganar-se o menos possível. Há Espíritos que se comprazem em fomentar essa ilusão com certos médiuns; por isso nunca seria demais recomendar a estes últimos que não confiassem em seu próprio julgamento. É nisto que os grupos são úteis: pela multiplicidade de opiniões que eles permitem colher. Aquele que, neste caso, recusasse a opinião da maioria, julgando-se mais iluminado que todos, provaria sobejamente a má influência sob a qual se acha.”

Texto completo na obra Instruções de Allan Kardec ao Movimento Espírita. FEB, 2005. p.167


LEIAMOS KARDEC – ESTUDEMOS KARDEKC – ENTENDAMOS KARDEC
para VIVER JESUS

voltar ao topo


NOTÍCIAS DO CEBM

CONSELHO DIRETOR

Fundado em 12 de setembro de 1912 Diretores


Área Administrativa: Lydia Alba da Silva

Área Financeira: Ennio de Oliveira Tavares

Área de Assuntos Doutrinários: Lydia Alba da Silva

Área de Divulgação: Luís Henrique Fernandes de Souza

Área de Educação Espírita da Infância, Juventude e Família: Lucia Maria Alba da Silva

Área de Assistência e Promoção Social Espírita: Marcia Antonio Frota Correia

  • Fitas de áudio e vídeo para empréstimo
  • Procure um dos nossos plantonistas.

Espíritas: amai-vos e instrui-vos.”
(Espírito de Verdade)


•Leite, feijão e outros alimentos não perecí-veis (maio e junho)
•Cobertor, flanela (maio e junho)
•Roupa de cama (maio e junho)
        • NOVOS ASSOCIADOS
Para concretizarmos os novos projetos, precisamos aumentar o quadro de associa-dos cooperadores, corações generosos que se unam a nós, participando das despesas de manutenção e conservação dos prédios.
“AJUDAR É HONRA QUE NOS COMPETE.”
Contamos com você.

• PROJETO DE ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO - TROCA DAS CADEIRAS
Contamos com a sua colaboração para o prosseguimento do projeto.
Informações na Secretaria.

REUNIÕES PÚBLICAS DE ESTUDOS DOUTRINÁRIOS, seguidas de passes e água magnetizada.
PROGRAMAÇÃO

 

TERÇA-FEIRA - 15:00

Dia 07 - Ressurreição da carne. Paraíso. Inferno. Purgatório
LE – questões 1010 a 1019 - Expositor: Welles Costa

Dia 14 - Fora da Caridade não há salvação
EV - cap. 15: 4 a 9 – Expositora: Cybele Silva Gomes

Dia 21 - LE – conclusões I a III
Expositora: Maria Ramos Williams

Dia 28 - Salvação dos ricos
EV – cap.16: 1, 2 e 7 – Expositora: Regina Lucia Barbosa Rodrigues

QUINTA – FEIRA - 19:00

Dia 02 - Os bons Espíritas
EV – cap. 17: 4 - Expositor: Maria Olegária Costa

Dia 09 - Privações voluntárias. Mortificações
LE – questões 718 a 727 - Expositora: Maria Eduarda Costa

Dia 16 - Parábola do semeador
EV – cap. 17: 5 e 6 - Expositora: Lila Bomhoff Silveira

Dia 23 - A transfiguração
Mt, 17: 1 a 9; Lc, 9: 28 a 36 - Expositor: Marco Aurélio Assis

Dia 30 - Destruição necessária e abusiva. Flagelos destruidores
LE – questões 728 a 741 – Expositora: Telma Brilhante de Albuquerque

DOMINGO - 10:00

150 ANOS DO ESPIRITISMO
Obra: – Reflexões. Autor: Gilson Alves de Lima

Dia 05 - Fé e razão - p. 117
Expositor: Assaruhy Franco de Morais

Dia 12
- Solidariedade cósmica- p. 101
Expositor: Manoel Messias Macedo

Dia 19 - Evolução e processos - p. 41
Expositor: Carlos Alberto Mendonça

Dia 26 - Perdão - p. 73
Expositor: Eduardo Henrique de Barros Silva

--------------------------------------------

Visite a LIVRARIA e a BIBLIOTECA do Centro. Fitas de áudio e vídeo para empréstimo. Procure um dos nossos plantonistas. “Espíritas: amai-vos e instrui-vos.” (Espírito de Verdade)

• Visite o nosso site: www.bezerramenezes.org.br. Assim, poderá ter o Centro em seu lar durante 24 horas. Apresente sugestões para que possamos melhor direcioná-lo a você. Cadastre-se para receber O BOLETIM on-line.

• O DEPARTAMENTO DE DIVULGAÇÃO dispõe, para empréstimo, de fitas de áudio e vídeo, com temas doutrinários. Possui uma biblioteca com mais de 1100 títulos à sua disposição. Procure um dos nossos plantonistas.
“Com o bom livro, caminhamos na direção do futuro e recebemos da Divina Imortalidade
a nossa gloriosa destinação de filhos da Luz.” (Emmanuel)

• As reuniões de Educação Espírita da Infância, Juventude e Família já se iniciaram, aos sábados, de 14:30 às 17:00. As inscrições estão abertas.

• Os GRUPOS DE ESTUDO, em 2007, estão em funcionamento. Prepare-se para freqüentá-los. Ainda há vagas!!! Inscreva-se.

• Consulte a programação dos estudos doutrinários. Sua presença às reuniões é aguardada com alegria.

• Prezado irmão associado: Coopere com nossa Casa mantendo em dia suas mensalidades. Delas dependem nossas tarefas assistenciais e de manutenção dos prédios.

PARTICIPE E DIVULGUE! CAMPANHAS:
   ° NOVOS ASSOCIADOS - Para concretizarmos os novos projetos, precisamos aumentar o quadro de associados cooperadores, corações generosos que se unam a nós, participando das despesas de manutenção e conser-vação dos prédios. “Ajudar é honra que nos compete.” Contamos com você.
   °Leite, feijão e outros alimentos não perecíveis.
   °Peças para enxoval dos bebês.
  ° Projeto de Adequação do Auditório - Campanha para Troca do Piso Juntos, atingimos a meta! Contamos com a sua colaboração para o prosseguimento do projeto. Informações na Secretaria.

• Visite a Área de Assistência e Promoção Social Espírita - AAPSE -  para conhecer as atividades que realiza. Informações :  às 3ª feiras - 16:00  e  5ª feira - 18:30.

voltar ao topo


 
ATIVIDADES DO CENTRO

18:50/20:15 – Reunião de Estudo e Educação da Mediunidade ( privativa)
18:30/20:00 – Reunião de Atendimento Espiritual (privativa)

...............................................................................................

13:45/15:00 – Reunião de Atendimento Espiritual (privativa)
14:30/15:00 – Diálogo Fraterno
15:00/16:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pública)
16:30/17:00 – Diálogo Fraterno
16:30/18:00 – Grupo de Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (ESDE)

...............................................................................................

08:00/08:30 – Encontro de Oração
08:30/09:00 – Diálogo Fraterno
19:00/20:30 – Grupos de Estudo

  • Introdução à Doutrina Espírita
  • Básico da Mediunidade
  • Estudos do Evangelho

...............................................................................................

QUINTAS-FEIRAS

16:30/18:00 – Curso de Esperanto
17:30/18:15 – Evangelho no Lar
18:30/19:00 – Diálogo Fraterno
18:45/20:00 – Reunião de Atendimento Direto (privativa)
19:00/20:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pública)

...............................................................................................

08:00/08:30 – Encontro de Oração
08:30/09:00 – Diálogo Fraterno
18:45/20:00 – Reunião de Atendimento à Distância (privativa)

.................................................................................................

08:00/12:00 – Atividades do SAPSE (4º sábado)
15:00/17:00– Educação Espírita da Infância e da Juventude
15:00/17:00 – Educação Espírita da Família
15:00/17:00 – Grupo de Estudos Espíritas
17:30/19:30 – Grupo de Estudos Espíritas

.................................................................................................

10:00/11:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pú-blica)
13:45/16:30 – Caravana - Visita ao Instituto Miguel Pedro (mensal - no 3º domingo)
13:00/18:00 – Caravana - Visita ao Centro Espírita Filhos de Deus ( mensal - no 4º domingo)

Os GRUPOS DE ESTUDO em 2007 estão em andamento.
Prepare-se para freqüentá-los.
Ainda há vagas!!! Inscreva-se.

Visite a Área de Assistência e Promoção
Social Espírita para conhecer as
atividades.
Informações: às 3ª feiras - 16:00 e
5ª feiras - 18:30

voltar ao topo




Centro Espírita Bezerra de Menezes © 1912 - 2007. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rafael Santos