O Boletim - Julho/2007 - ANO 50 - Nº 596

Baixe aqui a versão em PDF


• REFLEXÕES COM BEZERRA
• EDITORIAL
• MOMENTO DE POESIA
• LIVRO DO MÊS
• VULTO DO MÊS
• LEMBRETE FRATERNO
• NO MUNDO DO ESPERANTO
• MENSAGENS QUE MERECEM MEDITAÇÃO
• MOVIMENTO ESPÍRITUAL
• PALAVRAS DE ALAN KARDEC
• NOTÍCIAS
• ATIVIDADES DO CENTRO

  

Bezerra convida-nos à reflexão

NOSSO ENCONTRO COM JESUS


Meus amigos, ontem como hoje, sentimos o sol es-plendente do amor do Mestre iluminando nossos passos.

Ontem, nas vidas anteriores, usufruímos a bênção de suas lições, hoje, penetramos o santuário bendito da Inicia-ção Maior e, dentro deste Santuário, desvendamos os arcanos milenares de nossas reencarnações, de nosso progresso, nossa evolução e o futuro glorioso que nos espera.

Sentimo-nos companheiros uns dos outros na eterna romaria para o Sumo Bem e nossas vidas deixam de ser simples fases de alguns anos terrenos para ser algo de infinito na eternidade de Deus!

Grandiosa misericórdia que permite ao espírito esta sublime iniciação à Terceira Revelação, para que possamos nos encontrar, conhecermo-nos intimamente e progredirmos de acordo com a Lei que nos faculta a ascese aos planos imortais da Criação.

Glorioso Pai que aconchega no mesmo amor todos os filhos.

Procurando o nosso encontro direto com o Senhor, notemos a lição excelsa de seu amor, de sua caridade ímpar.

De toda sua vida, retiremos o exemplo santo, para verdadeiramente nos unirmos ao Mestre, onde quer que estejamos.

Subamos com Ele o monte da sublimação.

Escalemos o gólgota na divina oração da resignação e com Ele ressurjamos para a vida do Espírito.

Nosso Mestre é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Alcemo-nos aos seus pés para recolhermos as precio-sas lições de amor e sabedoria, congratulando-nos fraternalmente com todos os povos da Terra.

Desprendidos dos bens materiais, olhos voltados para a Divina Luz, seremos, um dia, recebidos por nossos atos de renúncia, caridade, devotamento e amor, nos mundos superiores, filhos benditos e herdeiros da criação, e não peregrinos estrangeiros na eternidade.

Vivamos com o Cristo e pelo Cristo, hoje e sempre, e estaremos vivendo o nosso encontro com Jesus.

 

PAIVA, Maria Cecília. Veleiro de Luz. p.64-5

 

Bezerra de Menezes

Texto completo em PAIVA, Maria Cecília. Mensagens de Luz, Paz e Amor.

voltar ao topo


EDITORIAL

Já estamos na metade do ano de 2007.

Esta afirmação pode significar tantas coisas... Para aqueles que se esforçam na realização dos propósitos definidos no inicio do ano, é tempo de avaliar o que foi feito, o que falta fazer e como fazer o que falta!

Aqui em nossa Casa Espírita, também estamos em plena avaliação e isso nos faz bem porque visualizamos nossos projetos em andamento, nossos amigos respondendo às nos-sas iniciativas e nossas forças sendo renovadas dia-a-dia.

O segundo semestre nos reserva alegrias, vamos ver nossas instalações reformadas graças aos esforços de laboriosos companheiros que estão escrevendo seus nomes nos anais da Casa. Em setembro vamos completar 95 anos de atividades na esteira espiritista e logo estaremos nos cem anos. Nosso trabalho social tem recebido o melhor apoio, são tantos os que nos procuram e queremos estar sempre com a mão receptiva para apoiar a todos.

O trabalho na Casa Espírita é árduo, são grandes e pequenos problemas, são os escolhos que a natureza humana coloca em nosso caminho, são lágrimas, carências... Afinal, a Doutrina Espírita nos oferece o preparo para essas ocasiões, onde o serviço aparece e Bezerra está sempre a nos indicar para quem precisa. Não podemos decepcioná-lo.

Estar na Casa Espírita, é uma decisão onde fica clara a nossa proposta de trabalharmos nossos valores. Agora, trabalhar na Casa Espírita é uma escolha e um compromisso, como se fosse um pacto lúcido com o Mestre Jesus. Ele nos oferece o trabalho e nós oferecemos o coração. Trabalho e Coração são elementos indispensáveis na composição dessa euforia tran-qüila e serena chamada felicidade, com um detalhe: essa felicidade só é possível de ser percebida, quando chega atra-vés da felicidade do nosso próximo.

É este sentimento que queremos compartilhar com os nossos amigos. Nosso Centro Espírita está aberto, com muito carinho, oferecendo amizade, conforto espiritual, exemplos e, sobretu-do, oportunidade de trabalho, de semeadura no eito do bem

 

voltar ao topo


MOMENTO DE POESIA

Escuta!


Escuta, meu irmão: a caminhada humana,
Se cheia de varais, espinhos, dissabores,
É gentil limiar de luzes e esplendores,
E não lide falaz, que cansa e desengana.
Nem Deus, nem Anjo algum se felicita e ufana
Por ver, seja quem for, no pego dos horrores;
Mas se a dor salutar redime os pecadores,
Então, de o ver subir, o Alto se engalana.
Não seja o teu falar, portanto, o do irritado,
Ante a glória do Céu, que silencia, calmo,
Face, às vezes, da cruz dalgum terrível fado...

A Suprema Bondade é sábia, tanto é justa,
E o bem mais sublimal, o mais augusto e almo,
É aquele que mais pena e mais tormentos custa.



Fonte: SANT’ANNA, Hernani. Canções do Alvorecer. 4. ed. FEB. 2005. p.104

voltar ao topo


LIVRO DO MÊS

Os Caminhos do Amor

SOUZA, Dalva Silva. Os Caminhos do Amor. Rio de Janeiro, FEB.

A obra analisa a família sob a ótica espírita, detendo-se, sobretudo, em estudar o papel da mulher no desempenho dos seus encargos maternais. Há capítulos dedicados à infância, à adolescência e à juventude.

Amigo leitor: A autora mostra que a família somente estará cumprindo a sua missão se trilhar OS CAMINHOS DO AMOR.
Leia – Medite - Divulgue

     Instruções Psicofônicas


voltar ao topo


VULTO DO ESPIRITISMO

Benjamin Franklin (síntese biográfica)


Benjamin Franklin nasceu em Boston, em 1706, como o 15º filho entre 17, de um pobre fabricante de velas. Fre-qüentou a escola pouco mais de um ano, pois cedo o pai o pôs a trabalhar. Quase tudo o que sabia aprendeu à custa de esforço próprio, por si mesmo: ciência, filosofia, línguas. Falava o latim, francês, alemão, espanhol e italiano.
Aos 12 anos, já era aprendiz na oficina do irmão, que era impressor.
Como cientista e inventor, foi o primeiro a identificar os pólos negativo e positivo da eletricidade. A ele devemos as palavras e os conceitos de bateria, carga elétrica, conden-sador e condutor. Inventou o pára-raios, uma mão mecâni-ca para levantar objetos situados em lugares altos e o tamborete de cozinha que se transforma em escada.

Aos 78 anos de idade, inventou a bênção dos óculos bi-focais.
Como músico, tocava harpa, violão e violino e escreveu sobre os problemas da composição musical.
Foi o primeiro a estudar os efeitos da água sobre o cas-co de um navio durante a navegação, convertendo-se no pai da hidrodinâmica.
Também foi o primeiro a descobrir que o tecido escuro retém o calor. Os europeus levaram cem anos para seguir seu conselho e levar roupa branca para os trópicos.
Organizou a Sociedade Filosófica Americana, a primeira associação científica dos Estados Unidos.
Criou a primeira corporação de polícia profissional e o primeiro serviço de bombeiros voluntários.
Também deu impulso à Sociedade Abolicionista e, na qualidade de diretor-geral dos Correios, melhorou o serviço nacional e internacional com a Inglaterra.
Ele pregava a alegria do trabalho e praticava o que pre-gava. Tinha um cuidado especial com as descobertas de outros, insistindo para que a autoria fosse sempre atribuída aos autores corretos.
Acreditava que podia se melhorar o próprio caráter se a criatura se impusesse uma disciplina firme. “É uma arte que tem de ser estudada, como a pintura e a música”, dizia.
Quando jovem, fez uma lista das qualidades dignas de se admirar e se propôs a persegui-las: ia ser moderado no comer, evitaria a tagarelice, seria sistemático nos negócios, terminaria qualquer tarefa que começasse, seria sincero, trataria os outros com justiça, suportaria as injustiças com paciência, evitaria as extravagâncias, não deixaria que as pequenas coisas o afetassem.

Benjamin Franklin, entre outros espíritos , assina "Pro-legômenos" em O LIVRO DOS ESPÍRITOS, demonstrando fazer parte daqueles que se fizeram presentes ao trabalho extraordinário da Codificação da Doutrina Espírita.

Fonte: www.caminhosluz.com.br

voltar ao topo


LEMBRETE FRATERNO

Reflexões sobre a Mediunidade


“Todos os homens são médiuns, todos têm um Espírito que os dirige para o bem, quando sabem escutá-lo.” O Livro dos Médiuns – Cap. XXXI – Dissertações Espíritas: 10


Quando iniciamos o aprendizado no Espiritismo, assi-milamos o fato de que todos temos mediunidade, em maior ou menor grau, dentro das mais diversas circunstâncias, com inúmeras nuances e qualidades.

Vemos também, que a mediunidade é um fator de ajus-te, um recurso que o Pai coloca em nosso caminho, para que, aprendendo, também possamos ajudar aqueles que precisam, numa simbiose edificante que a lógica espiritista nos mostra.

O mandato mediúnico não é uma tarefa fácil, as arma-dilhas estão armadas e o médium invigilante, pode compli-car-se mais do que antes de encetar sua missão. As possibi-lidades com que as entidades das sombras acenam, exigem uma permanente retidão de caráter, regras de disciplina e dedicação, permanente estudo doutrinário para que o co-nhecimento supere as práticas equivocadas, desarme os embustes e permita que se tire lições preciosas da experi-ência no trato com a espiritualidade.

Nossos irmãos de outras confissões religiosas, não a-ceitam o processo de comunicação com os Espíritos e sempre fazem referência a trechos do Levítico (19,20 e 20,27) e Deuteronômio 18, 10-11-12 como sendo a letra que proíbe essa pratica.

Se formos pesquisar esses textos e, além disso, o-lharmos um pouco para o momento em que os hebreus viviam na época de Moisés, vamos verificar que as admoes-tações do Velho Testamento queriam evitar que o povo cultuasse os “adivinhos”, “mágicos”, os “espíritos pitônicos” e isto, trazendo para os nossos dias, o espiritismo, decidida-mente, não faz! A doutrina de Kardec tem regras precisas que orientam a pratica mediúnica exclusivamente voltada para o bem, para a ajuda ao próximo e para a reforma íntima. Isso não era feito nos tempos bíblicos.

Moisés, como grande líder e legislador, ao receber os Dez Mandamentos da Lei de Deus, criou enorme ascendên-cia sobre o povo e isso facilitou que legislasse sobre uma série de outras mazelas que a sociedade hebréia cultivava, havia uma tendência em continuar hábitos politeístas dos egípcios, acreditar em sortilégios e encantamentos, rituais de purificação, adivinhações.

Nesse contexto, a proibição de Moisés não só era jus-ta, como necessária, os contatos com o mundo espiritual não eram movidos por sentimentos de respeito, afeição, solidariedade, ajuda e sim, por charlatanismo, egoísmo; eram movidos por negócios.

Allan Kardec trouxe, em sua mensagem renovadora, todas as explicações necessárias e, explicando cientifica-mente o processo mediúnico, ensinou que só se pode considerar procedimento mediúnico espírita, aquele que segue a ética e a moral cristã, elucidadas pelo Evangelho.

Se assim não for, os preceitos bíblicos podem ser aplica-dos, não se trata de espiritismo e portanto, os nossos críticos, ao misturarem conceitos, apenas demonstram o desconhecimento de nossa doutrina

Assaruhy Franco de Moraes

voltar ao topo


NO MUNDO DO ESPERANTO

“La paco de Jesuo estu en la koroj de
niaj karaj gefratoj."


Congressos, seminários e encontros de Esperanto são sempre realizados visando aproximação e confraterniza-ção dos esperantistas, pois a essência do Esperanto é a fraternidade.
Nessas ocasiões são realizadas interessantes palestras e debates, criando-se ótimas oportunidades para a prática do Esperanto, além de músicas, poesias, peças teatrais, etc.

O grande sucesso desses eventos é prova de que a Língua Internacional está viva, progride cada vez mais e realmente possibilita a comunicação entre as pessoas.

O Brasil já foi sede de dois congressos internacionais com grande sucesso e muita alegria dos esperantistas brasileiros, ao recebermos entre nós pessoas de mais de 50 países de todo o mundo, comunicando-se somente em Esperanto.

Os congressos nacionais também são muito importan-tes, realizam-se anualmente. Em cada ano, um estado do Brasil é escolhido para sede e recebe os esperantistas brasileiros e também alguns de outros países em ambiente de grande confraternização; são pessoas que se encon-tram às vezes pela primeira vez por só se conhecerem por cartas ou pela Internet e outros que se reencontram anu-almente, por residirem em cidades distantes, mas que são ligados por fortes laços de amizade por fazerem parte da grande família esperantista.

Em 2007, o Rio de Janeiro será a sede do 42º CON-GRESSO BRASILEIRO DE ESPERANTO, que acontecerá de 08 a 13 de julho, com organização da Associação Esperantista do Rio de Janeiro, patrocínio da Liga Brasilei-ra de Esperanto e apoio do Centro Espírita Leon Denis.

O tema proposto para esse ano é: “Cem Anos do Movimento Esperantista no Brasil – Estratégias para o Futuro”. Como sub-temas serão abordados os assuntos: esperanto nos esportes, nas livrarias, nas universidades e escolas, no turismo e nas religiões.

A solenidade de abertura do congresso será realizada no teatro da UERJ, na Rua São Francisco Xavier, 524, Maracanã, no dia 08 de julho, às 18:00 (aberta ao público não esperantista simpatizante) e as demais atividades terão lugar na SUESC, na Praça da República, 50 , no período de 09 a 13 de julho.
Paralelamente e no mesmo local estará acontecendo também o 27º CONGRESSO DA JUVENTUDE ESPE-RANTISTA, no mesmo clima de confraternização.

É com grande satisfação que convidamos todos os esperantistas espíritas e simpatizantes, dirigentes e fre-qüentadores de casa espíritas a assistiram a palestra que será proferida pelo Presidente da Federação Espírita Brasileira Nestor João Massotti sobre o tema: EVANGE-LHO, ESPIRITISMO, ESPERANTO, no dia 10 de julho, de 17:00 às 19:00, no auditório da Avenida Passos, 30 – Centro do RJ.

Para assistir a palestra não é necessário fazer inscri-ção, mas, se quiser participar do congresso, as inscrições ainda estão abertas.
Outras informações sobre o 42ºBKE: www.aerj.org.br ou bke42@hotmail.com
Tel.: 2240 6119 – Associação Esperantista do Rio de Janeiro


voltar ao topo


MENSAGENS QUE MERECEM MEDITAÇÃO

Deus espera que ames

(...) Procura viver de tal maneira, coração amigo, que possas desmentir qualquer um que, por ver-te de longe, admita que és tão-só alguém à cata de atender às necessi-dades imediatas, que ajudam a manter o corpo, a espécie e as propriedades que adquiriste com esforços.

Todavia, se já sabes o porquê de estares no mundo e o que te trouxe ao corpo carnal, novamente, saberás expres-sar, para quem se aproxime de ti, o anjo potencializado que és, por enquanto engolfado em árduas lutas humanas por brilhar e crescer, no rumo do Criador, de modo a dar beleza à vida que pulsa na Terra.

Deus quer que ames e que ofereças um pouco mais de ti à vida.

Não te afugentes desse destino; não te negues a aten-der a esse anseio do nosso Pai Celestial.

Vem,

levanta-te e move-te para incrementar uma vida nova para ti;

busca aprender sempre mais, a fim de mais te libertares das cadeias da ignorância;

trabalha com afinco e alegria, para te tornares afinado instrumento nas mãos do Senhor, e

ama, por fim, porque foste feito a Sua semelhança, e porque não deves mais deter o vôo que te fará alcançar o teu próprio destino – destino de felicidade cujos fundamen-tos se acham no pulsar das constelações.

Rosângela C. Lima

(Trechos da mensagem psicografa por J. Raul Teixeira em 06.03.2006. Transcrita da obra Para uma vida melhor na Ter-ra,1.ed. Niterói, RJ: Editora Frater, 2006. p. 63)

 


voltar ao topo


MOVIMENTO ESPÍRITA

XVI CONJEVITA – 2007
Confraternização dos Jovens Espíritas de Vila Isabel, Tijuca e Maracanã - 12º CEU
O JOVEM EM AÇÃO


DATA: 01/07/2007
LOCAL: Associação Espírita Cabana Antônio de Aquino
Av. Paula e Sousa, 298, Maracanã

O CEBM NA CONJEVITA 2007



========================================

SEMINÁRIO FEB / CEERJ

DATA: 21 de julho de 2007 (sábado)
HORA: 9:00 às 16:00
LOCAL: Sede histórica da FEB
Av. Passos 30
TEMA: EDUCAÇÃO DOS SENTIMENTOS
COORDENAÇÃO: Jason de Camargo

=========================================

RÁDIO RIO DE JANEIRO 1400 AM
visite a página eletrônica (www.radioriodejaneiro.am.br)
Coopere. Divulgue.

voltar ao topo


Palavras de ALLAN KARDEC


O LIVRO DOS ESPÍRITOS – CONCLUSÃO VI



Epitáfio de Benjamin Franklin


“Aqui repousa, entregue aos vermes, o corpo de Benjamin Franklin, impressor, como a capa de um velho livro cujas folhas foram arrancadas, e cujo título e dou-ração se apagaram. Mas nem por isto a obra ficará perdida, pois, como acredito, reaparecerá em nova e melhor edição, revista e corrigida pelo autor.”

Allan Kardec comenta: ( Revista Espírita - agosto/1865, p. 327, FEB)

Um dos principais cidadãos de que mais se honram os Estados Unidos, era, pois, reen-carnacionista. Não só acreditava em seu renascimento na Terra, como julgava aqui voltar melhorado por seu trabalho pessoal. É exatamente o que diz o Espiritismo. Se se recolhessem todos os testemunhos esparsos em milhares de escritos em favor desta doutrina, reconhecer-se-ia quanto ela teve raízes entre os pensadores de todas as épocas, e menos admiradas ficariam as pessoas da facilidade com que é hoje acolhida, porque se pode dizer que jaz latente na consciência do maior número. Esses pensamen-tos, semeados aqui e ali, eram fagulhas precursoras do fogo que devia brilhar e mostrar aos homens o seu destino.

voltar ao topo


NOTÍCIAS DO CEBM

CONSELHO DIRETOR

Fundado em 12 de setembro de 1912 Diretores


Área Administrativa: Lydia Alba da Silva

Área Financeira: Ennio de Oliveira Tavares

Área de Assuntos Doutrinários: Lydia Alba da Silva

Área de Divulgação: Luís Henrique Fernandes de Souza

Área de Educação Espírita da Infância, Juventude e Família: Lucia Maria Alba da Silva

Área de Assistência e Promoção Social Espírita: Marcia Antonio Frota Correia

  • Fitas de áudio e vídeo para empréstimo
  • Procure um dos nossos plantonistas.

Espíritas: amai-vos e instrui-vos.”
(Espírito de Verdade)


•Leite, feijão e outros alimentos não perecí-veis (maio e junho)
•Cobertor, flanela (maio e junho)
•Roupa de cama (maio e junho)
        • NOVOS ASSOCIADOS
Para concretizarmos os novos projetos, precisamos aumentar o quadro de associa-dos cooperadores, corações generosos que se unam a nós, participando das despesas de manutenção e conservação dos prédios.
“AJUDAR É HONRA QUE NOS COMPETE.”
Contamos com você.

• PROJETO DE ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO - TROCA DAS CADEIRAS
Contamos com a sua colaboração para o prosseguimento do projeto.
Informações na Secretaria.

REUNIÕES PÚBLICAS DE ESTUDOS DOUTRINÁRIOS, seguidas de passes e água magnetizada.
PROGRAMAÇÃO

 

TERÇA-FEIRA - 15:00

Dia 03 - A ingratidão dos filhos e os laços de família
EV – cap. 14: 9 - Expositor: Welles Costa

Dia 10 - Nas sendas do Mundo
Obra: ESTUDE E VIVA – cap. 19 – Expositor: Sebastião Pimenta

Dia 17 - Duração das penas futuras segundo os Espíritos
(comentários de Allan Kardec)
LE – questão 1009 – Expositora: Maria Ramos Williams

Dia 24 - Parábola do Bom Samaritano
EV – cap.15: 1 a 3 – Expositor: Paulo Affonso de Farias

Dia 31 - Vida, Desafios e Soluções
Obra: Vida, Desafios e Soluções (Joanna de Ângelis) – p. 140
Expositora: Zita Flora de Almeida


QUINTA – FEIRA - 19:00

Dia 05 - Instinto e meios de conservação
LE – questões 702 a 710 - Expositora: Inês Gripp

Dia 12 - Gozo dos bens terrenos. Necessário e supérfluo
LE – questões 711 a 717 - Expositora: Maria Clara Costa

Dia 19 - O homem de bem. O dever
EV – cap. 17: 3,7 e 9 - Expositora: Aimar Greco

Dia 26 - Privações voluntárias. Mortificações
LE – questões 718 a 727 - Expositora: Maria Olegária Costa


DOMINGO - 10:00

150 ANOS DE ESPIRITISMO
Obra: OS CAMINHOS DO AMOR – Autora: Dalva Silva Souza

Dia 01 - Conflitos familiares - p. 195
Expositor: Assaruhy Franco de Morais

Dia 08 - Para Educar é preciso educar-se - p. 72
Expositora: Telma Brilhante de Albuquerque

Dia 15 - A proposta espírita – análise e reflexão - p. 75
Expositor: Carlos Alberto Mendonça

Dia 22 - Os fenômenos psíquicos na adolescência - p. 123
Expositora: Sonia Arenaro

Dia 29 - Recursos espíritas para a auto-educação afetiva – p. 149
Expositor: Welles Costa

--------------------------------------------

Visite a LIVRARIA e a BIBLIOTECA do Centro. Fitas de áudio e vídeo para empréstimo. Procure um dos nossos plantonistas. “Espíritas: amai-vos e instrui-vos.” (Espírito de Verdade)

• Visite o nosso site: www.bezerramenezes.org.br. Assim, poderá ter o Centro em seu lar durante 24 horas. Apresente sugestões para que possamos melhor direcioná-lo a você. Cadastre-se para receber O BOLETIM on-line.

• O DEPARTAMENTO DE DIVULGAÇÃO dispõe, para empréstimo, de fitas de áudio e vídeo, com temas doutrinários. Possui uma biblioteca com mais de 1100 títulos à sua disposição. Procure um dos nossos plantonistas.
“Com o bom livro, caminhamos na direção do futuro e recebemos da Divina Imortalidade
a nossa gloriosa destinação de filhos da Luz.” (Emmanuel)

• As reuniões de Educação Espírita da Infância, Juventude e Família já se iniciaram, aos sábados, de 14:30 às 17:00. As inscrições estão abertas.

• Os GRUPOS DE ESTUDO, em 2007, estão em funcionamento. Prepare-se para freqüentá-los. Ainda há vagas!!! Inscreva-se.

• Consulte a programação dos estudos doutrinários. Sua presença às reuniões é aguardada com alegria.

• Prezado irmão associado: Coopere com nossa Casa mantendo em dia suas mensalidades. Delas dependem nossas tarefas assistenciais e de manutenção dos prédios.

PARTICIPE E DIVULGUE! CAMPANHAS:
   ° NOVOS ASSOCIADOS - Para concretizarmos os novos projetos, precisamos aumentar o quadro de associados cooperadores, corações generosos que se unam a nós, participando das despesas de manutenção e conser-vação dos prédios. “Ajudar é honra que nos compete.” Contamos com você.
   °Leite, feijão e outros alimentos não perecíveis.
   °Peças para enxoval dos bebês.
  ° Projeto de Adequação do Auditório - Campanha para Troca do Piso Juntos, atingimos a meta! Contamos com a sua colaboração para o prosseguimento do projeto. Informações na Secretaria.

• Visite a Área de Assistência e Promoção Social Espírita - AAPSE -  para conhecer as atividades que realiza. Informações :  às 3ª feiras - 16:00  e  5ª feira - 18:30.

voltar ao topo


 
ATIVIDADES DO CENTRO

18:50/20:15 – Reunião de Estudo e Educação da Mediunidade ( privativa)
18:30/20:00 – Reunião de Atendimento Espiritual (privativa)

...............................................................................................

13:45/15:00 – Reunião de Atendimento Espiritual (privativa)
14:30/15:00 – Diálogo Fraterno
15:00/16:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pública)
16:30/17:00 – Diálogo Fraterno
16:30/18:00 – Grupo de Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (ESDE)

...............................................................................................

08:00/08:30 – Encontro de Oração
08:30/09:00 – Diálogo Fraterno
19:00/20:30 – Grupos de Estudo

  • Introdução à Doutrina Espírita
  • Básico da Mediunidade
  • Estudos do Evangelho

...............................................................................................

QUINTAS-FEIRAS

16:30/18:00 – Curso de Esperanto
17:30/18:15 – Evangelho no Lar
18:30/19:00 – Diálogo Fraterno
18:45/20:00 – Reunião de Atendimento Direto (privativa)
19:00/20:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pública)

...............................................................................................

08:00/08:30 – Encontro de Oração
08:30/09:00 – Diálogo Fraterno
18:45/20:00 – Reunião de Atendimento à Distância (privativa)

.................................................................................................

08:00/12:00 – Atividades do SAPSE (4º sábado)
15:00/17:00– Educação Espírita da Infância e da Juventude
15:00/17:00 – Educação Espírita da Família
15:00/17:00 – Grupo de Estudos Espíritas
17:30/19:30 – Grupo de Estudos Espíritas

.................................................................................................

10:00/11:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pú-blica)
13:45/16:30 – Caravana - Visita ao Instituto Miguel Pedro (mensal - no 3º domingo)
13:00/18:00 – Caravana - Visita ao Centro Espírita Filhos de Deus ( mensal - no 4º domingo)

Os GRUPOS DE ESTUDO em 2007 estão em andamento.
Prepare-se para freqüentá-los.
Ainda há vagas!!! Inscreva-se.

Visite a Área de Assistência e Promoção
Social Espírita para conhecer as
atividades.
Informações: às 3ª feiras - 16:00 e
5ª feiras - 18:30

voltar ao topo




Centro Espírita Bezerra de Menezes © 1912 - 2007. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rafael Santos