O Boletim - Maio/2006 - ANO XLVIII - Nº 582

Baixe aqui a versão em PDF

• REFLEXÕES COM BEZERRA
• EDITORIAL
• LIVRO DO MÊS
• MOMENTO DE POESIA
• VULTO DO MÊS
• PÁGINA AO JOVEM
• RÁDIO RIO DE JANEIRO
• UNIFICAÇÃO DO MOVIMENTO  ESPÍRITA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
• NO MUNDO DO ESPERANTO
• LEMBRETE FRATERNO
• ATIVIDADES DO CENTRO
• PALAVRAS DE ALAN KARDEC
• NOTÍCIAS
• PENSAMENTOS QUE MERECEM MEDITAÇÃO
  



Bezerra convida-nos à reflexão

Quanto Mais

 

 

 

Abençoai sempre as vossas dificuldades e não as lastimeis, considerando que Deus nos concede sempre o melhor e o melhor tendes obtido constantemente com a possibilidade de serdes mais úteis.
Quanto mais auxiliardes aos outros, mais amplo auxílio recebereis da Vida Mais Alta.
Quanto mais tolerardes os contratempos do mundo, mais amparados sereis nas emergências da vida, em que permaneceis buscando paz e progresso, elevação e luz.
Quanto mais liberdade concederdes aos vossos entes amados, permitindo que eles vivam a existência que escolheram, mais livres estareis para obedecer a Jesus, construindo a vossa própria felicidade.
Quanto mais compreenderdes os que vos partilham os caminhos humanos, mais respeitados vos encontrareis de vez que, quanto mais doardes do que sois em benefício alheio, mais ampla cobertura de amparo do Senhor assegurará a tranqüilidade em vossos passos.

Continuemos buscando Jesus em todos os irmãos da Terra, mas especialmente naqueles que sofrem problemas e dificuldades maiores que os nossos obstáculos, socorrendo e servindo, sempre mais felizes nos encontraremos sob as bênçãos dele, nosso Mestre e Senhor.

Bezerra

XAVIER, Francisco Cândido. Da obra: Caridade. Ditado pelo Espírito Bezerra de Menezes. Araras, SP: IDE, 1978. http://www.espirito.org.br

tulipas mae “Honrarás pai e mãe” - a Lei determina. Não te esquecerás, porém, de que se teu pai é o companheiro generoso que te descerrou o caminho para a romagem terrestre, tua mãe é o gênio tutelar que te acompanha os passos, em toda a vida, a iluminar-te o coração por dentro, com a bondade e a perseverança da luz de uma estrada.

voltar ao topo


 


EDITORIAL

Você sabe o que é a BENEFICÊNCIA? Sabe o que Adolfo, bispo de Argel escreveu sobre isso? O que Vicente de Paulo, Cárita e tantos benfeitores deixaram sobre esse assunto?
Você pode responder à seguinte pergunta:
Do fato de pertencer ao Espírito a escolha do gênero de provas que deve sofrer, seguir-se-á que todas as tribulações que experimentamos na vida nós as previmos e buscamos?”.
Sabe, porventura, de onde foram tiradas essas questões? As respostas estão contidas nos livros básicos da codificação espírita, obra que nos foi legada por Allan Kardec e que constitui a base de todo o entendimento da Doutrina Espírita.
É muito comum pessoas procurarem a orientação dos que já estão integrados no Espiritismo, movidas pelo interesse em aprender mais sobre o assunto, de se esclarecer e, se for o caso, aceitarem os preceitos kardequianos. A literatura espiritista é muito vasta hoje em dia e, como em toda manifestação humana, existem os escritos que têm qualidade e aqueles que estão à margem de uma edificação moral adequada... Como saber o que é bom, ou não? Àqueles que procuram esclarecimentos, não se deve indicar um romance mediúnico, uma história contada por Espíritos ou qualquer outra manifestação, por mais interessante e bonita que seja... O ideal é a leitura e o estudo primário dos cinco livros que constituem a base espírita. Depois que os conceitos estiverem cimentados, entendidos e aceitos, em nome da razão, então o caminho para a consolidação do que se aprendeu  está aberto e as possibilidades são ilimitadas. Pelo uso da razão, cada um saberá separar o joio do trigo.
Todavia, há de se considerar que o intercâmbio de conhecimentos é fundamental quando se quer prosseguir na senda do amor e, para isso, a freqüência na Casa Espírita se faz muito importante. É preciso ouvir outras opiniões, outras visões do mesmo assunto, integrar-se no movimento, na ação social, no serviço prestado em múltiplos aspectos.

O Centro Espírita Bezerra de Menezes é uma dessas casas de intercâmbio e, aqui, você pode enveredar pelo enriquecedor caminho do aprendizado em Cristo.

voltar ao topo


 

MOMENTO DE POESIA

NO LIVRO D’ALMA

Se tens fé, não te aflija a noite escura
Ao coração que a lágrima domina,
Ele estende, amoroso, a mão divina
E abre as portas da paz, risonha e pura.

Alivia a aspereza da amargura
E sobre as trevas de miséria e ruína,
Acende nova estrela matutina
Na esperança sublime que perdura.

Se a crença viva te dirige os passos,
Sob a carícia de celestes braços,
Receberás o pão, a luz, o abrigo...

Ama a cruz que te ampara e regenera
E, envolvendo-te em santa primavera,

O Mestre Amado seguirá contigo.

Auta de Souza

XAVIER, Francisco C. Cartas do Coração. Por Espíritos Diversos. São Paulo, SP: LAKE. 1999. p. 152.

   

voltar ao topo


 

 

LIVRO DO MÊS

ENFOQUES DOUTRINÁRIOS.

XAVIER, Francisco C. Instruções Psicofônicas. Organização de Arnaldo Rocha. 7.ed. Rio de Janeiro, RJ: FEB. 1995.

Relaciona mensagens psicofônicas recebidas pelo médium Francisco Cândido Xavier, no Grupo Meimei, de Pedro Leopoldo. Objetiva oferecer a todos a palavra consoladora e instrutiva dos Benfeitores Espirituais, facilitando o entendimento das leis que regem a vida nos planos físico e espiritual. Aborda temas como: atividade espiritual durante o sono; intercâmbio superior através da prece; reunião mediúnica; suicídio; vampirismo e vibração da mente. Em páginas de incentivo e esperança, atesta a imortalidade do Espírito, mostrando a Terra como escola e a morte como fator de renovação.

AMIGO LEITOR Esta é mais uma obra sugerida para reflexão, desejando que encontre conforto e alegria, porque a paz e a sabedoria de que ela está impregnada transformará suas lutas de cada dia em radiosas esperanças do porvir.

Instruções Psicofônicas  


voltar ao topo


 

VULTO DO ESPIRITISMO

Nancy Leite de Araújo

 
 

 

 

Nancy Leite de Araújo nasceu no bairro da Glória, no Rio de Janeiro, no dia 13 de janeiro de 1918. Foram seus pais Antônio Leite de Araújo e D Alzira Câmara de Ribeiro Araújo. Era solteira.
Converteu-se ao Espiritismo em 1934, juntamente com os demais familiares. No decênio de 1940, pertenceu ao Movimento de Mocidades Espíritas, promovido pelo professor Leopoldo Machado. Em 1949, passou a dirigir a Secretaria de Assuntos Infantis da antiga Liga Espírita do Distrito Federal, hoje Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro (ex- USEERJ), sendo uma das pioneiras nesse movimento. Em 1945, foi eleita presidente do Centro Espírita Ibirajara, no bairro de Vila Isabel, onde permaneceu até a data de sua desencarnação, em 20 de julho de 1992.
Durante o I Congresso de Mocidades Espíritas do Brasil, em 1948, conheceu o Coronel Jaime Rolemberg de Lima. Foi uma amizade fraterna e sólida, sem dúvida conduzida também pela Espiritualidade. Daí surgiu uma intensa etapa de trabalho.
Cabe aqui um breve retrospecto histórico. Em 1961, o Centro Espírita Ibirajara inaugurou um serviço assistencial de amparo a crianças e idosos carentes, uma etapa abençoada. Cogitava-se ampliá-lo. Em 1955, é lançada a pedra fundamental do Lar de Ibirajara, que só pôde ser inaugurado em 1966, com o apoio, aliás, do Lar Fabiano de Cristo e graças às iniciativas do Coronel Jaime Rolemberg de Lima, tornando assim, uma realidade o sonho de Nancy e de sua equipe de trabalho.

A Instituição hoje está localizada em terreno aprazível em Jacarepaguá, atendendo a inúmeras famílias, idosos de ambos os sexos e grande número de crianças cujas mães são atendidas desde o exame pré-natal, com leite, assistência médica, remédios, alimentos e enxovais. A Secretaria de Assuntos Infantis sob sua direção, desenvolveu grande dinamismo e contava com uma equipe muito especial. Datilógrafos, desenhistas e companheiros outros de muita criatividade, para a confecção das aulas que, em forma de trocas, os evangelizadores apanhavam todas às quartas-feiras na Liga Espírita e se reuniam, uma vez por mês, em forma de curso, instruindo-se para bem aplicar as aulas, em quatro ciclos: Jardim, 1º, 2º e 3º ciclos. Esse material serviu de modelo para outros estados. O sepultamento do corpo de Nancy Leite de Araújo realizou-se às 15 horas do mesmo dia 20 de julho de 1992, saindo o féretro da capela do Cemitério de São Francisco Xavier, para a mesma necrópole. Uma multidão de confrades e amigos foi-lhe prestar as últimas homenagens. Sua sobrinha, Rosana de Araújo Cruz, falou sobre a vida e a obra de Tia Nancy, finalizando com sentida prece, na qual rogava a Jesus amparasse aquela benfeitora que dedicou toda a sua vida em favor de um mundo melhor.

 

.

voltar ao topo


 

LEMBRETE FRATERNO

Reflexões sobre a Reforma Íntima

 
 

“Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que emprega para dominar suas más inclinações.”
Allan Kardec – ESE: 7 - Sede Perfeitos

Os dicionários mostram que a palavra REFORMA, significa um ato ou efeito de mudar, é modificação, dar nova forma, novo aspecto.
No espiritismo, a reforma íntima está fortemente relacionada com o livre-arbítrio, considerando-se que é uma escolha...Só mudamos o que não está bom, só reformamos o que está velho, estragado, sem função.
A necessidade de reforma surge com o conhecimento de nós mesmos, é a mudança de dentro para fora, quando identificamos todos os nossos sentimentos negativos como o orgulho, a vaidade e o egoísmo; é quando conseguimos vigiar nossos pensamentos, palavra e atitudes.
Só o autoconhecimento pode colocar valores positivos em nossas vidas. 
Segundo João em 8, 32, Jesus exortava os judeus a crerem em Sua palavra, como enviado de Deus, dizendo: - E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
É o conhecimento da verdade que nos leva ao nosso próprio conhecimento, e esta preocupação já tinha Aristóteles, quando em seus diálogos com Alcibíades e Eutidemo, fazia referência à inscrição no Templo de Pytho: “Conhece-te a ti mesmo”.
O caminho da reforma íntima é também o caminho do perdão, de se aprender a perdoar com o coração... Aquele que perdoa com o coração, pela ordem universal, também será perdoado de coração, isso higieniza a alma e o pecado se transforma em aprendizado.
O capítulo XVII do Evangelho Segundo o Espiritismo, é o divisor de águas entre o aprendizado sobre nós mesmos e a aplicação prática disso, é o Sede Perfeitos.
Ali, Kardec em seu bem articulado propósito de missionário do Pai, mostra que é possível sim, crescermos e progredirmos, desde que saibamos identificar o momento de nossa reforma e trabalharmos firmes nesse objetivo.
É um processo lento que não conhece imediatismo, são pequenas transformações que nos envolvem e nos mostram o caráter sutil dessas mudanças.
É na hora da reforma íntima que começam os verdadeiros ajustes com a Lei de Causa e Efeito, o Pai jamais nos permitiria o cumprimento da Lei, sem que não estivéssemos em condições de entender o processo. Mesmo assim, quantos não sucumbem e interrompem os acontecimentos diante da incapacidade de superar as provas oferecidas e aceitas na espiritualidade, antes do regresso.
Reformar-se por dentro, não é apenas conhecer e aceitar os próprios erros, é mais além, é resgatá-los através do exemplo e do testemunho.

Ainda no Cap. XVII – Item 3 do Evangelho Segundo o Espiritismo, vamos encontrar um inspirado trecho de Kardec, onde ele fala sobre as característica do Homem de Bem.

A primeira leitura desse trecho pode trazer um certo desânimo para nós, tão imperfeitos, inseguros, caminhantes de caminhos dolorosos... Mas, se diariamente lermos esse trecho, como se fosse um breviário, vamos começar a perceber pequenas mudanças em nosso comportamento, questionamentos sobre nossos atos, começarão a surgir questionamentos do tipo: - O que faria um homem de bem, em tal circunstância?

O nosso guia é Jesus, o melhor amigo sem duvida, pois Ele nos ama, apesar de nos conhecer bem.

Assaruhy Franco de Moraes

voltar ao topo



PÁGINA AO JOVEM

 
   

Oração do jovem

Senhor:
Sinto-me aturdido no báratro da vida moderna. Este foi um dia de agitação. Pensando no estômago e nas exigências do corpo, esqueci-me de alçar-me a Ti.
Dominado pelas paixões, desperdicei o tempo na futilidade. Entre torturas e ansiedades, saí à cata de sensações fortes. Agora detenho-me cansado...
Por que me permito afligir com as questões da vida transitória, quando já me encontro cientificado da realidade verdadeira?
Ajuda-me a não Te abandonar, porquanto sou eu quem necessita da Tua presença vigorosa.

Ouço os convites ardentes do mundo, atraentes, sedutores, e inquieto-me, porquanto, simultaneamente, Tua voz me penetra e me arrebata.

Senhor:
Ajuda-me na barca frágil da minha juventude ansiosa em que naufrago e salva-me!
Aquieto-me, confiante, registro Tua voz a dizer-me, gentil:
— Bom ânimo. Aqui estou!

Conduze-me contigo ao porto da paz, Amigo Divino.

  

Texto completo em:  FRANCO, Divaldo P. Terapêutica de Emergência - LEAL.

voltar ao topo


 

NO MUNDO DO ESPERANTO

“La paco de Jesuo estu en la koroj de niaj karaj gefratoj”

Caridoso Esclarecimento

 

 

 

 

Ismael Gomes Braga

Se bem durante mais de um quarto de  século houvéssemos esperado e implorado uma comunicação do Espírito de Zamenhof, quando ela nos veio ter às mãos, nosso espírito se perturbou num misto de júbilo e medo. Era demasiado grande a esmola! O estilo, a delicadeza de sentimentos, a elevação dos pensamentos, tudo era Zamenhof puro, tal qual o conhecemos nos livros e nas cartas, mas Zamenhof pertence a uma esfera superior à nossa, porque haveria ele de descer ao ambiente pesado e lúgubre da Terra para dirigir uma mensagem pessoal a um pobre pecador impenitente? Com que  direito poderíamos esperar essa graça, naturalmente desejada por todos os esperantistas? Seria realidade ou sonho aquela folha de papel em nossas mãos de homem de pouca fé? Seria que Zamenhof mesmo teria vindo novamente à Terra, ou teria enviado sua mensagem por intermédio de outro Espírito? Essas e mil outras interrogações nos assaltavam o espírito, quando, caridosamente, o mesmo Zamenhof nos mandou nova missiva, igualmente em versos, no seu estilo inconfundível, dando o esclarecimento que vaga e nebulosamente desejávamos, sem sabermos pedir nem ousar interrogar.
     A explicação é que as idéias ligam entre si os espíritos que por elas trabalham, sem importar que uns estejam encarnados e outros no Mundo Espiritual. E, acrescentamos nós, sem importar os graus de elevação espiritual, pois na verdade  o mais obscuro soldado e o mais sábio general estão ligados entre si pela mesma idéia, quando ambos se batem de coração pela mesma causa.
     Vamos dar em prosa pobre a tradução do poemeto-missiva, mas a nossa pífia tradução, que tanto deforma o original, deve ser tratada como triste recurso provisório, até que possam meditar diretamente sobre o original do poema. Aos esperantistas suficientemente cultos, suplicamos que não tomem conhecimento da nossa profanação em traduzir irreverentemente versos do Mestre. Eis a tradução quase literal dos versos de Zamenhof:

Algumas Palavras
     Ao meu bom e caro amigo, por quem quero sempre orar com reconhecimento e humildade à FORÇA MISTERIOSA, para que Ela o abençoe e na vida sobre a Terra  o conduza à realização dos altos e nobres ideais de luz e amor nos corações, escrevo de novo, pela mão de outro amigo, esta breve mensagem:
     “Não duvides, alma amada, do fato, de que efetivamente eu estou falando contigo. Não penses que seja um sonho o que estás lendo, porque sempre, sobre a Terra, quando o tempo está maduro, o Verbo toma forma corpórea visível!
     “O tempo já está plenamente maduro para muitos, e quem tiver ouvidos preparados para ouvir, ouça, pois, o que dizem as almas que da escola terrestre já passaram a lugares mais elevados, porém não ainda ao pleno Nirvana:

         “A idéia liga-nos fortemente com a vossa idéia, quando elas simpaticamente se aderem; e por isso os partidários de uma mesma idéia no universo todo se buscam, apesar mesmo de os haver apartado a morte.”

L. L. Zamenhof   

(Do livro O Esperanto na Visão Espírita , de Ismael Gomes Braga, Editora Lorenz) - Contribuição de Maria Ramos Williams

voltar ao topo


 

PENSAMENTOS QUE MERECEM MEDITAÇÃO

SEMPRE É BOM LEMBRAR

• No livro da existência, cada dia é uma página em branco que confiarás ao tempo, gravada com os teus atos, palavras e pensamentos.
• Faze da bondade o motivo central de tua movimen-tação diária, a fim de que a página sublime não se envileça.
• A tua palavra de estímulo e entendimento será o apoio abençoado de muitos.
• O teu pensamento de auxílio e fraternidade consti-tuirá o amparo de muita gente.
• O livro da nossa vida influi no destino da comuni-dade inteira.
• Escreve com luz a história de tua romagem pela Terra em caracteres claros e acessíveis, porque amanhã, quando a imortalidade exigir as contas da tua passagem pelo mundo, poderás apresentar-te como aluno aprovado pelo Mestre, à frente do Su-premo Senhor.

   

voltar ao topo



 

RÁDIO  RIO  DE  JANEIRO 1400 KHz AM

• A EMISSORA DA FRATERNIDADE necessita de sua ajuda para compra de novo transmissor reserva. Seja um doador assinando a CARTA COMPROMISSO, disponível para download no site.

• Novo SITE - www.radioriodejaneiro.am.br
Desde o último dia 31 de março (data escolhida em função do retorno à Pátria Espiritual do Codificador da Doutrina Espírita, Allan Kardec), os internautas do Brasil e do exterior podem visitar o novo site da Rádio Rio de Janeiro, totalmente reformulado, mais moderno e interativo.

PARA ALCANÇAR SUA AUTO-SUFICIÊNCIA FINANCEIRA, A RÁDIO PRECISA DE MAIS 3.000 NOVOS COLABORADORES. LIGUE (21) 2478-1400 OU 2461-1400.

SEJA UM DELES.

 

voltar ao topo



 


Palavras de ALLAN KARDEC na Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas
Ano Social 1858-1859

 

“É São Luís que nos oferece: Que entre vós haja compreensão e amor. Trabalhemos, pois, para nos compreendermos; lutemos com caridade e abnegação. Que o amor do próximo esteja inscrito em nossa bandeira e seja a nossa divisa. Com isso afrontaremos a zombaria e a influência dos maus Espíritos. Nesse terreno, tanto melhor que se nos igualem, pois serão irmãos que chegam; depende apenas de nós. No entanto, jamais seremos ultrapassados. (...) A finalidade do Espiritismo é tornar melhores os que o compreendem. Esforcemo-nos por dar o exemplo e mostremos que, pra nós, a Doutrina não é uma palavra morta. O bem é uma couraça contra a qual virão sempre se quebrar as armas da malevolência.”

(Instruções de Allan Kardec ao Movimento Espírita. p. 69 -71 e Revista Espírita - julho de 1859 - p.255-274)

voltar ao topo



NOTÍCIAS
- DO CEBM

• Visite o nosso site: www.bezerramenezes.org.br. Assim, poderá ter o Centro em seu lar durante 24 horas. Apresente sugestões para que possamos melhor direcioná-lo a você. Cadastre-se para receber O BOLETIM on-line.

• O DEPARTAMENTO DE DIVULGAÇÃO dispõe, para empréstimo, de fitas de áudio e vídeo, com temas doutrinários. Possui uma biblioteca com mais de 1100 títulos à sua disposição. Procure um dos nossos plantonistas.
“Com o bom livro, caminhamos na direção do futuro e recebemos da Divina Imortalidade
a nossa gloriosa destinação de filhos da Luz.” (Emmanuel)

• As reuniões de Educação Espírita da Infância, Juventude e Família já se iniciaram, aos sábados, de 14:30 às 17:00. As inscrições estão abertas.

• Inscreva-se nos Grupos de Estudo que o Centro oferece. Informe-se na Secretaria.

• Consulte a programação dos estudos doutrinários. Sua presença às reuniões é aguardada com alegria.

• Prezado irmão associado: Coopere com nossa Casa mantendo em dia suas mensalidades. Delas dependem nossas tarefas assistenciais e de manutenção dos prédios.

• CAMPANHA DE NOVOS ASSOCIADOS - Para concretizarmos os novos projetos, precisamos aumentar o quadro de associados cooperadores, corações generosos que se unam a nós, participando das despesas de manutenção e conser-vação dos prédios. “Ajudar é honra que nos compete.” Contamos com você.

 
   

 

voltar ao topo


 

ATIVIDADES DO CENTRO

18:50/20:15 – Reunião de Estudo e Educação da Mediunidade ( privativa)
18:30/20:00 – Reunião de Atendimento  Espiritual (privativa)
...............................................................................................

13:45/15:00 – Reunião de Atendimento Espiritual (privativa)
14:30/15:00 – Diálogo Fraterno
15:00/16:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pública)
16:30/17:00 – Diálogo Fraterno
16:30/18:00 – Grupo de Estudo: Introdução à Doutrina Espírita * O Livro dos Espíritos
                    – Grupo de Estudo: * O Livro dos Médiuns
...............................................................................................

08:00/08:30 – Encontro de Oração
08:30/09:00 –  Diálogo Fraterno 
15:00/17:00 – Artesanato
19:00/20:30 – Grupos de Estudo

  • Introdução à Doutrina Espírita
  • Básicos da Mediunidade
  • Estudos do Evangelho
...............................................................................................

15:00/16:30   –  Estudo  da Doutrina Espírita em Esperanto
16:30/18:00   –  Esperanto: Curso Básico
18:30/19:00   –  Diálogo Fraterno
19:00/20:30   –  Reunião  de Estudos Doutrinários (pública)
...............................................................................................

08:00/08:30  - Encontro de Oração
18:45/20:00 - Reunião de Atendimento à Distância (privativa)
.................................................................................................

15:00/17:00 - Educação Espírita da Infância
15:00/17:00 - Educação Espírita da Juventude
15:00/17:00 - Educação Espírita da Família
15:00/17:00 - Grupo de Estudos Espíritas
17:30/19:30 - Grupo de Estudos Espíritas
.................................................................................................

10:00/11:30 - Reunião de Estudos Doutrinários (pública)
13:45/16:30 - Caravana - Visita ao Instituto Miguel Pedro ( mensal - no 3º domingo)
13:00/18:00 - Caravana - Visita ao Centro Espírita Filhos de Deus ( mensal - no 4º domingo)

 

voltar ao topo



 

Centro Espírita Bezerra de Menezes © 1912 - 2006. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rafael Santos