O Boletim - março/2008 - ANO 50 - Nº 604

Baixe aqui a versão em PDF


• REFLEXÕES COM BEZERRA
• EDITORIAL
• MOMENTO DE POESIA
• LIVRO DO MÊS
• VULTO DO MÊS
• LEMBRETE FRATERNO
• NO MUNDO DO ESPERANTO
• MOVIMENTO ESPÍRITA
• PALAVRAS DE ALAN KARDEC
• NOTÍCIAS
• ATIVIDADES DO CENTRO

  

Bezerra convida-nos à reflexão

CONSCIENTIZAÇÃO


Meus filhos,

Estamos na grande luta. Não consideremos fortuito este momento, que o acaso parece ter engendrado. Estamos convidados a espalhar, a ampliar as fronteiras do reino de Deus, mas não creiam que a tarefa é muito fácil. Crucificados, os discípulos do Mestre, verdadeiramente leais, prosseguem em traves invisíveis. Ontem eram a arena, o madeiro, o cárcere, o exílio forçado, as labaredas, o degredo, o abando-no dos afetos mais caros, mas hoje, também é assim: degre-dos e exílios íntimos, abandonos, soledade, sofrimentos e perseguição neste intercâmbio dos dois mundos em litígio, em que as forças da loucura e da insensatez se aglutinam para apagar da História o nome do Mestre, induzindo Cristãos desatentos a estados patológicos irreversíveis, por enquanto, deixando as marcas purulentas da má conduta, tisnando o nome do ideal que abraçam por Jesus.

Estamos convocados a prosseguir. Cada um de nós é convidado a uma cota que não pode ser menosprezada, ao testemunho silencioso aureolado de alegria, porque o reino não é daqui, não obstante aqui comece.

Demo-nos as mãos e preparemo-nos, porque a luta re-crudescerá. As dificuldades multiplicar-se-ão. O profano insinua-se no divino, o vulgar no especial, o ridículo no ideal.
Tenhamos cuidado, meus filhos, para que as nossas casas não sejam invadidas por torvelinhos que lhes descaracteri-zem a pureza da vivência evangélica ali instalada.

Mantenhamo-nos unidos, sem que os miasmas da per-turbação intoxiquem e as imposições do desequilíbrio germi-nem.

Cristão sem sacrifício está sem Cristo. Discípulo sem disciplina encontra-se sem Mestre. Aprendiz sem dever está à própria sorte.

Jesus nunca nos desampara, mas é provável que o pre-tiramos para irmos, por preferência, à busca de outros condu-tores mais consentâneos com as nossas aflições desmedidas e necessidades falsas, acalentadas no desperdício.

Uma equipe de trabalhadores que compreendem o significado da fé, vivendo pela fé, para a fé é o que o Senhor de todos nós espera neste momento.

Meus filhos, que o Senhor nos abençoe e nos guarde.
São os votos do Servidor Humílimo e Paternal de
sempre.


Bezerra de Menezes
Fonte: De Bezerra de Menezes para você – Psicografia de Divaldo Pereira Franco.Coletânea. Votuporanga-SP: Didier Editora, 2004. p.74

voltar ao topo


EDITORIAL

A Casa de Bezerra já está oferecendo diversos cursos relacionados com o aprendizado da doutrina espírita.

São aulas preparadas com muito cuidado, instruto-res que se preocupam em trazer conceitos sintoni-zados com os ensinos de Kardec. É uma carinhosa troca, onde os que participam colaboram com sua energia de equilíbrio, de interesse e de generosida-de.

O Codificador do Espiritismo deixou, em vários trechos de sua obra, um incentivo para que os espíritas estudassem, entendessem as colocações e fizessem, sempre, o melhor uso da razão.

Por isso, as casas espíritas se esmeram em ofere-cer, aos interessados, a melhor tradução das postu-ras espiritistas, caminhos conscientes de um traba-lho que tem como princípio, a livre escolha.

Jesus nos ensinou que seu fardo é leve e seu jugo é suave. E isso, porque a dificuldade no caminho até o nosso Criador não está nas regras divinas e, sim, nas posições humanas, que rejeitam o traba-lho e o estudo.

O Centro Espírita Bezerra de Menezes não só estimula o aprendizado, como enfatiza sua neces-sidade e importância.

O Espiritismo não está ligado, tão somente, aos fenômenos, nem ao intercâmbio com os Espíritos. Ele é mais do que isso; é principalmente, a espe-rança que os Espíritos Superiores têm na regene-ração do homem, na sua elevação moral e na sua caminhada ética em direção ao Pai.

Aprender sobre o Espiritismo é um privilégio, va-mos aproveitar essa oportunidade. Procurem as informações disponíveis em nossa secretaria.


voltar ao topo


MOMENTO DE POESIA

ANJO DE LUZ

Disse o Homem chorando a Deus, um dia:
— Sofro, meu Pai, na Terra, amargamente,
Em toda parte, a dor triste e gemente
É um fantasma de sombra que me espia.

Vivo algemado à angústia da agonia...
Por que me deste o horrendo inferno à mente,
Sem fonte amiga que me dessedente,
Entre o sol calcinante e a noite fria?

E o Senhor respondeu-lhe: - Estás em treva,
Pela inconformação que te subleva,
Mas libertar-te-ei da férrea grade.

E, após chamá-lo à Glória Excelsa e Eleita,
Para guiar-lhe a senda escura e estreita,
Deu-lhe o Anjo de Luz da Caridade.

Antero de Quental

XAVIER, Francisco C. Excursão de Paz. São Paulo, SP: CEU, 1990. P.47-8



voltar ao topo


LIVRO DO MÊS

ESTANTE DA VIDA


XAVIER, Francisco C. ESTANTE DA VIDA. Crôni-cas. Pelo Espírito Irmão X - 6.ed.- Rio de Janeiro, FEB, 1994.

Revivendo a espontânea personalidade jornalística de quando viveu no mundo físico, o autor espiritual elabora crônicas de assuntos do mais alto interesse em nossos dias.
A realidade da existência espiritual ecoa neste livro, com reflexos de emoção no sentimento de quem lê.

Leia – Medite - Divulgue


    

Instruções Psicofônicas


voltar ao topo


VULTO DO ESPIRITISMO

Miguel Vives y Vives


síntese biográfica

Nascido na Espanha , Miguel Vives y Vives foi um dos mais destacados vultos do Espiritismo naquele país. Seu nome teve projeção mundial e sua ação foi das mais notórias.

Quando um homem consegue cumprir fecunda tarefa na defesa e difusão do ideal que sustenta, fazendo dele um culto e predispondo- se a lutar de forma ininterrupta em seu favor, podemos, na realidade, qualificá-lo de apóstolo.


Vives y Vives foi o Apóstolo do Espiritismo na Espanha e, pela população de Tarrasa, era denominado Apóstolo do Bem.

Foi um exemplo vivo de abnegação. Evangelizou pe-la palavra escrita e falada -- através da tribuna, do livro e da imprensa. Toda a sua obra se apoiou sobre a força moral da exemplificação e vivência dos ideais espíritas e cristãos.

Fundou a "Federação Espírita de Vallés", da qual surgiu a Federação Espírita da Catalunha, entidade que teve vida efêmera.

Em Tarrasa fundou o Centro Espírita Fraternidade Humana e lançou a famosa obra Guia Prático do Espírita, há muitos anos vertida para o português, em edição da Federa-ção Espírita Brasileira. Mais recentemente, a Edicel, de São Paulo, lançou, no vernáculo, a sua obra também famosa O Tesouro dos Espíritas.

Foi também fundador da revista União, órgão esse que se incorporou à revista La Luz del Porvenir, de marcante atividade na difusão dos ideais reencarnacionistas.

Foi presidente do Centro Barcelonês de Estudos Psi-cológicos
Sua esplendorosa mediunidade fez com que se de-senvolvesse, em Tarrasa, verdadeira obra em favor dos necessitados do corpo e da alma, socorrendo os desajusta-dos, os enfermos e os humildes, ao ponto de, ao desencar-nar, causar profundo golpe à população daquela cidade espanhola.

Ele não era político, não cortejava a popularidade e, no entanto, graças ao seu exemplo de abnegação, recebeu uma das maiores consagrações públicas de sua terra, apesar de viver num país de profundas tradições católicas, onde homens e livros foram queimados no decorrer de muitos séculos.

Miguel Vives foi notável espírita. Foi um homem que se dignificou pela prática das boas obras e pelo desempe-nho de verdadeira missão de tolerância e de amor. Em 1872 fundou o Centro Espírita que recebeu o sugestivo nome de Fraternidade Humana. Enquanto isso estudava o tratado de Hahnemann e, empregando a homeopatia, obtém curas notáveis, o que lhe criou rivalidades encarniçadas com os médicos da localidade, a casta clerical e os inimigos do progresso. Chamavam-no de ingênuo e infantil quando dizia que era possível curarem-se os doentes através do auxílio espiritual. Desencarnou na cidade de Tarrasa, no dia 23 de janeiro de 1906.

Fonte: www.espirito.org.br/portal/biografias/miguel-vives.html


voltar ao topo


LEMBRETE FRATERNO

Reflexões sobre o Magistério de Jesus


“... Tendo-os ouvido, disse-lhes Jesus: Não são os que gozam saúde que precisam de médico”
Mateus, 9:12 (Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. XXIV – 11)

O Mestre de Nazaré, em todos os momentos de sua estada terrena, exemplificou com lições inesquecíveis, que somente sua autoridade moral poderia expressar.

A passagem de Mateus, é um exemplo de como a cegueira e o orgulho podem agir, diante da invigilân-cia.

Os fariseus eram o alvo de Jesus, sempre que ele procurava mostrar a iniqüidade humana, as facetas mais distorcidas do caráter do homem e, principalmen-te, a falsidade e a hipocrisia.

Eles se julgavam os verdadeiros defensores da quali-dade das Escrituras, mas fora das aparências, eram moralmente dissolutos, extremamente orgulhosos e pretendiam dominar o povo pregando um fundamenta-lismo ostensivo e falso.

O magistério de Jesus contradizia essas posturas e por essa razão, os fariseus tornaram-se seus inimigos e nem por isso, ele recuou, dando-nos eterna lição de coragem ante a certeza do bom combate.

Jesus acolhia em seu coração universal, os infelizes, os moralmente decaídos, os doentes, os párias soci-ais, enfim, gente de má vida, aí incluídos os publica-nos, odiados por serem coletores de impostos para Roma.

Todo aquele que estudar o Sermão da Montanha em sua essência, vai entender a verdadeira missão do Cristo entre nós; perceberá que ele tinha a preocupa-ção principal com os doentes da alma, aqueles que precisavam assumir os valores exarados no Livro da Vida e, moralmente analfabetos, não conseguiam ler as lições divinas.

É quase certo que os fariseus, ao criticarem a atitude de Jesus, que aceitou a companhia de criaturas “con-denáveis”, não tenham percebido a grandeza da res-posta que receberam, mesmo porque, não deveriam sentir-se “doentes”, o orgulho não só bloqueia a razão, como interrompe a percepção da realidade, tornando viva uma frágil e inconsistente sensação de poder e glória.

Tão grandiosa foi esta lição do Mestre, que ficou agregada ao patrimônio cristão, como as demais, servindo não só para despertar as consciências de seus convidados, como também, para compor a estei-ra de amor que vem convidando os doentes e estropi-ados, ao longo dos séculos, para o Caminho da Espe-rança.

Jesus, o Médico de nossas almas, estará sempre nos amparando em nossas deficiências, pacientemente, pois sendo conhecedor do Tempo, sabe que não estamos condenados às penas eternas, pois se assim fosse, não seria o médico que cura, mas o carrasco que executa.

Jesus, médico de nossas almas, oferece-nos todos os ingredientes de um tratamento justo, que através da experiência e do aprendizado, nos levará à sanidade moral, luz divina e definitiva que chamamos Deus.

Assaruhy Franco de Moraes





CONVITE À EVANGELIZAÇÃO

“Tomemos a criança, essa esperança de todos nós, e marchemos em doce colóquio pela estrada quilomé-trica do Evangelho, recitando, através de atitudes sadias, o florilégio da BOA NOVA, ao ritmo das seve-ras e racionais modulações com que a Doutrina Espí-rita ressuscita Jesus Cristo na atualidade.”
Francisco Spinelli (Crestomatia da Imortalidade.p.103)

Crianças - Jovens – Responsáveis
Juntem-se a nós nessa caminhada que se inicia no dia 16 de fevereiro de 2008.
Horário (sábados) - 14:30 às 17:00

......................................................................

CONVITE AO ESTUDO

Os GRUPOS DE ESTUDO do CEBM inicia-rão as suas atividades em março de 2008.
Prepare-se para a inscrição em fevereiro.

Aguardamos você para mais uma oportunidade de conhecer e aprofundar os estudos da
Doutrina Espírita.

Introdução à Doutrina Espírita – 12 de março

  1. Estudos Básicos da Mediunidade – 12 de março
  2. O Evangelho segundo o Espiritismo – 12 de março
  3.  O Livro dos Espíritos- 11 de março
  4. A Gênese – dia 8 de março

Aguardamos você para mais uma oportunidade de conhecer e aprofundar os estudos da
Doutrina Espírita.
.............................................................................

Área de Assistência e Promoção Social Espírita   (SAPSE)

ESCLARECENDO NA ÁREA SOCIAL

“A Assistência social é um meio, não o objetivo principal a que se propõe a tarefa espírita.
Necessário e valiosa é a comida e a vestimenta para acalmar os sentidos fisiológicos; no entanto, magnífico e excelso é o suprimento que atende às necessidades do Espírito imortal.”  
Batuíra ( Obra: Conviver e melhorar)

Visite-nos: 3ª feiras: 16:00  ----   5ª feiras: 18:30

voltar ao topo


NO MUNDO DO ESPERANTO

“La paco de Jesuo estu en la koroj de
niaj karaj gefratoj."


COMOVIDA MENSAGEM

Meus irmãos, muita paz.

Saúdo a Casa-Máter do Espiritismo no Brasil, com o coração ajoelhado perante o Mestre e Senhor, agradecido à sua divina bondade que me permite vir aqui hoje trazer-vos os meus votos de paz.

Doce emoção toma-me o espírito ao adentrar esta Casa de Amor Cristão onde as luzes espirituais como filigranas maravilhosas a adornam dando-lhe o aspecto de uma mora-dia dos planos maiores.

Em verdade, nossa comovida saudação estende-se às Federativas que também se arregimentam no trabalho fraterno, ativo e santo.

Como não pode deixar de ser, falo-vos das belezas do Esperanto, também, neste plano onde estou.
Vejo, igualmente, a sua luz destacando-se, no brilho das outras luzes que ornam este palácio do céu aqui na Terra.

É motivo de grande contentamento para mim ver o pro-gresso do Esperanto no Brasil e no Mundo. Verificar que a casa de Ismael oferece planos eficientes para o estudo e progresso da futura língua que a humanidade cantará em prosa e verso.

Sentir que o Esperanto é o mensageiro fiel do Evangelho portador das luzes do Mestre para os povos, é bênção grata aos nossos sentimentos de esperantista.

Não ouso afirmar a glória do Esperanto vitorioso para breves tempos, mas certo vos digo que ele caminha, avan-ça, tomando seu devido lugar, pronto a se adaptar em todos os países.

Eis, irmãos, minhas simples palavras que não traduzem, com certeza, a doce emoção que me toma, nem o calor de meu afeto que se desprende como fagulhas para vos oscu-lar as mãos santificadas no trabalho.
Ouço a Voz do Alto que vos abençoa e a esta Terra onde se acolhem os filhos do calvário buscando paz e lenitivo aos seus sofrimentos.

Que o Evangelho e o Esperanto avancem guiando a Humanidade para o Alto é a prece que envio aos céus.
Beijo-vos as mãos, deixando aqui o meu abraço para os esperantistas que vibram, lutam e sofrem por implantá-lo como força e luz nesta Terra abençoada.
Ismael Gomes Braga

(Do livro Garimpeiros do Além, psicografia de Maria Cecília Paiva)

O CEBM OFERECE DOIS HORÁRIOS PARA O ESTUDO DO ESPERANTO:

A) NOVO CURSO BÁSICO – para iniciantes
Às quintas -feiras, de 17h às 18h e 30 min,
Início em 06/03/08

B) LEITURA DE “LA EVANGELIO LAŬ SPIRITISMO”
– para quem já fez o curso básico.
Às terças-feiras, de 13:15 às 14:45
Início em 04/03/08


voltar ao topo


MOVIMENTO ESPÍRITA

MAIS UM ANO DE COMEMORAÇÕES

REVISTA ESPÍRITA – 150 ANOS
janeiro 1858

SOCIEDADE PARIENSE DE ESTUDOS ESPÍRITAS 150 ANOS
1 de abril de 1858

A GÊNESE – 140 ANOS
6 de janeiro de 1868

======================================

CLUBE DO LIVRO ESPÍRITA DA FEB

O Clube do Livro Espírita da Federação Espírita Brasi-leira é um serviço de comercialização de livros, visan-do, sobretudo, a divulgação da Doutrina Espírita.

Mediante o pagamento da assinatura, o associado receberá mensalmente um livro em sua casa durante a vigência do contrato.

Dentre as vantagens para o associado estão: descon-to de 5% nas compras pela livraria virtual da FEB, pagamento com valor inferior ao preço de capa do livro, recebimento dos lançamentos em primeira mão e inclusão do frete na assinatura.

Quem desejar se associar pode escolher entre duas modalidades: semestral ou anual. Para informações sobre valores ou esclarecimento de dúvidas, basta acessar o site www.feblivraria.com.br

Extraído do Boletim da FEB- 15 de fevereiro de 2008

======================================

RÁDIO RIO DE JANEIRO - 1400 AM

Visite a página eletrônica: www.radioriodejaneiro.am.br

A Rádio Rio de Janeiro, a emissora da Fraternidade, prepara-se para levar a mensagem espírita aos dife-rentes pontos de nosso planeta.
No entanto, para isto, precisa de parcerias e a princi-pal é você.
Coopere. Divulgue.

Estrada do Dendê, 659 (Tauá) - Ilha do Governador
Rio de Janeiro - RJ / CEP.: 21.920-000
Telefone: (21)3386-1400 e (21)3396-5252

“É propósito da Rádio RJ divulgar os postulados cris-tãos - espíritas e propugnar pela educação, cultura e formação moral e ética do ser humano, através dos meios de comunicação disponíveis."

voltar ao topo


Palavras de ALLAN KARDEC


“Quando todos compreenderem o Espiritismo, compreenderão também a verdadeira solidariedade e, conseqüentemente, a verdadeira fraternidade. A solidariedade e a fraternidade não serão mais deveres de ocasião, instituídos, muitas vezes, mais por interesse próprio do que alheio. O reino da solidariedade e da fraternidade será certamente o da justiça para com todos, e o reino da justiça será o da paz, da harmonia entre os indivíduos, as famílias, os povos e as raças.

Chegaremos a tê-lo?  Duvidar seria nos negar o progresso.

Se compararmos a sociedade atual, nas nações civilizadas, à Idade Média, veremos grande diferença. Se os homens foram progredindo até à época atual, por que haveriam de parar? Pelo que fizeram em apenas um século, pode-se avaliar o que farão dentro de mais algum tempo.

As convulsões sociais são as revoltas dos Espíritos encarnados contra o mal que os oprime, índice de que anseiam por esse reino de justiça da qual têm sede, sem, entretanto, saberem bem o que querem e os meios de consegui-lo. É por isso que se inquietam, se agitam, destroem a torto e a direito, criam sistemas, sugerem recursos mais ou menos utópicos, cometem mil e uma injustiça, em nome da justiça, esperando obter algo de todas essas mudanças. Mais tarde conseguirão definir melhor suas aspirações e o caminho a seguir tornar-se-á claro.”

 Trecho extraído do capítulo  Questões e problemas - As expiações coletivas - do livro  Obras Póstumas. FEB. p.200,)                   

LER  KARDEC | ESTUDAR  KARDEC | ENTENDER  KARDEC
PARA VIVER JESUS

voltar ao topo


NOTÍCIAS DO CEBM

CONSELHO DIRETOR

Fundado em 12 de setembro de 1912 Diretores


Área Administrativa: Lydia Alba da Silva

Área Financeira: Ennio de Oliveira Tavares

Área de Assuntos Doutrinários: Lydia Alba da Silva

Área de Divulgação: Luís Henrique Fernandes de Souza

Área de Educação Espírita da Infância, Juventude e Família: Lucia Maria Alba da Silva

Área de Assistência e Promoção Social Espírita: Marcia Antonio Frota Correia

  • Fitas de áudio e vídeo para empréstimo
  • Procure um dos nossos plantonistas.

Espíritas: amai-vos e instrui-vos.”
(Espírito de Verdade)


•Leite, feijão e outros alimentos não perecí-veis (maio e junho)
•Cobertor, flanela (maio e junho)
•Roupa de cama (maio e junho)
        • NOVOS ASSOCIADOS
Para concretizarmos os novos projetos, precisamos aumentar o quadro de associa-dos cooperadores, corações generosos que se unam a nós, participando das despesas de manutenção e conservação dos prédios.
“AJUDAR É HONRA QUE NOS COMPETE.”
Contamos com você.

• PROJETO DE ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO - TROCA DAS CADEIRAS
Contamos com a sua colaboração para o prosseguimento do projeto.
Informações na Secretaria.

REUNIÕES PÚBLICAS DE ESTUDOS DOUTRINÁRIOS, seguidas de passes e água magnetizada.

PROGRAMAÇÃO

 

TERÇAS - FEIRAS
15:00

DIAS

ASSUNTOS

EXPOSITORES

04

Formação dos mundos. Povoamento da Terra

LE- questões 37 a 59

Welles Costa

11

Educação

Obra: Pensamento e Vida (Emmanuel)
Cap.5

Sebastião Pimenta

18

Parábola do Festim de Bodas

EV- 18: 1 e 2

Maria Ramos Willians

25

Seres orgânicos e inorgânicos. Inteligência e Instinto

LE- questões 60 a 75

Regina Lucia B. Rodrigues

 

QUINTAS - FEIRAS
19:00

DIAS

ASSUNTOS

EXPOSITORES

06

Felicidade e infelicidade relativas

LE- questões 920 a 933

Zita Flora de Almeida

13

Não vim trazer a paz, mas a divisão

EV- 23: 9 a 18

Inês Gripp

20

Perda dos entes queridos. Decepções. Ingratidões

LE- questões 934 a 938

Telma Brilhante de Albuquerque

27

Candeia sob o alqueire

EV- 24: 1 a 7

Maria Olegária Costa

 

DOMINGOS
10:00

OBRA: Estante da Vida Pelo Espírito Irmão X (FEB)

DIAS

ASSUNTOS

EXPOSITORES

02

Jesus e Simão

Cap.19

Assaruhy Franco de Moraes

09

O Anjo solitário

Cap.34

Manoel Messias Macedo

16

Pesquisas

Cap.26

Carlos Alberto Mendonça

23

Materialismo e Espiritismo

Cap.21

Sonia Arenaro

30

Perto de Deus

Cap.13

Welles Costa


--------------------------------------------

Visite a LIVRARIA e a BIBLIOTECA do Centro. Fitas de áudio e vídeo para empréstimo. Procure um dos nossos plantonistas. “Espíritas: amai-vos e instrui-vos.” (Espírito de Verdade)

• Visite o nosso site: www.bezerramenezes.org.br. Assim, poderá ter o Centro em seu lar durante 24 horas. Apresente sugestões para que possamos melhor direcioná-lo a você. Cadastre-se para receber O BOLETIM on-line.

• O DEPARTAMENTO DE DIVULGAÇÃO dispõe, para empréstimo, de fitas de áudio e vídeo, com temas doutrinários. Possui uma biblioteca com mais de 1100 títulos à sua disposição. Procure um dos nossos plantonistas.
“Com o bom livro, caminhamos na direção do futuro e recebemos da Divina Imortalidade
a nossa gloriosa destinação de filhos da Luz.” (Emmanuel)

• As reuniões de Educação Espírita da Infância, Juventude e Família já se iniciaram, aos sábados, de 14:30 às 17:00. As inscrições estão abertas.

• Os GRUPOS DE ESTUDO, em 2007, estão em funcionamento. Prepare-se para freqüentá-los. Ainda há vagas!!! Inscreva-se.

• Consulte a programação dos estudos doutrinários. Sua presença às reuniões é aguardada com alegria.

• Prezado irmão associado: Coopere com nossa Casa mantendo em dia suas mensalidades. Delas dependem nossas tarefas assistenciais e de manutenção dos prédios.

PARTICIPE E DIVULGUE! CAMPANHAS:
   ° NOVOS ASSOCIADOS - Para concretizarmos os novos projetos, precisamos aumentar o quadro de associados cooperadores, corações generosos que se unam a nós, participando das despesas de manutenção e conser-vação dos prédios. “Ajudar é honra que nos compete.” Contamos com você.
   °Leite, feijão e outros alimentos não perecíveis.
   °Peças para enxoval dos bebês.
  

voltar ao topo


 
ATIVIDADES DO CENTRO

18:50/20:15 – Reunião de Estudo e Educação da Mediunidade ( privativa)
18:30/20:00 – Reunião de Atendimento Espiritual (privativa)

...............................................................................................

13:45/15:00 – Reunião de Atendimento Espiritual (privativa)
14:30/15:00 – Diálogo Fraterno
15:00/16:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pública)
16:30/17:00 – Diálogo Fraterno
16:30/18:00 – Grupo de Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (ESDE)

...............................................................................................

08:00/08:30 – Encontro de Oração
08:30/09:00 – Diálogo Fraterno
19:00/20:30 – Grupos de Estudo

  • Introdução à Doutrina Espírita
  • Básico da Mediunidade
  • Estudos do Evangelho

...............................................................................................

QUINTAS-FEIRAS

16:30/18:00 – Curso de Esperanto
17:30/18:15 – Evangelho no Lar
18:30/19:00 – Diálogo Fraterno
18:45/20:00 – Reunião de Atendimento Direto (privativa)
19:00/20:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pública)

...............................................................................................

08:00/08:30 – Encontro de Oração
08:30/09:00 – Diálogo Fraterno
18:45/20:00 – Reunião de Atendimento à Distância (privativa)

.................................................................................................

08:00/12:00 – Atividades do SAPSE (4º sábado)
15:00/17:00– Educação Espírita da Infância e da Juventude
15:00/17:00 – Educação Espírita da Família
15:00/17:00 – Grupo de Estudos Espíritas
17:30/19:30 – Grupo de Estudos Espíritas

.................................................................................................

10:00/11:30 – Reunião de Estudos Doutrinários (pú-blica)
13:45/16:30 – Caravana - Visita ao Instituto Miguel Pedro (mensal - no 3º domingo)
13:00/18:00 – Caravana - Visita ao Centro Espírita Filhos de Deus ( mensal - no 4º domingo)

Visite a Área de Assistência e Promoção
Social Espírita para conhecer as
atividades.
Informações: às 3ª feiras - 16:00 e
5ª feiras - 18:30

voltar ao topo




Centro Espírita Bezerra de Menezes © 1912 - 2007. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rafael Santos